Votos da periferia e do interior deram vitória a Wladimir; veja todas as zonas


Numa disputa bastante acirrada, o deputado federal Wladimir Garotinho (PSD) foi eleito prefeito de Campos em segundo turno neste domingo, com 121.174 votos contra 110.094 do concorrente Caio Vianna (PDT). O parlamentar somou 52,40% dos votos conta 47,60% do pedetista. O eleitorado das camadas populares fez a diferença a favor de Wladimir. Ele venceu na maioria dos bairros de Guarus e localidades do interior. Já Caio ganhou no centro e bairro centrais.

 

Na 98ª Zona Eleitoral, na área central da cidade, Caio Vianna (PDT) obteve 32.936 e Wladimir (PSD) 21.672. Na 75ª Zona (Baixada Campista), a disputa foi apertada (36.482 votos, contra 35.696 de Caio). Mas a virada de Wladimir aconteceu a partir das urnas que chegaram do interior e Guarus, das zonas eleitorais 76ª e 129ª (Guarus e outros pontos do município como Ururaí e Ponta da Lama). Nestas áreas, Wladimir levou vantagem sobre Caio. Na 76ª (Guarus), foram 37.524 votos, contra 25.797 do candidato do PDT. Na 129ª (que também inclui Santa Cruz, Lagoa de Cimba, Imbé, Dores de Macabu, Serrinha, entre outras) foram 25.496 votos contra os 15.665 de Caio.

 

 

PREFEITO ELEITO PEDE UNIÃO – Wladimir já deve anunciar ainda nesta segunda-feira uma equipe de transição para tomar conhecimento da situação das contas da prefeitura. Ele pediu que a união entre todos os candidatos que disputaram a eleição, a fim de pacificar a cidade e ajudar Campos a superar a grave crise que o município atravessa em suas finanças com a queda brutal de receitas, especialmente os recursos dos royalties.

 

 

Logo assim que foi confirmada a sua eleição, ao lado de seus pais Anthony Garotinho e Rosinha, Wladimir foi até a janela para saudar os eleitores que se aglomeravam em frente à casa da família Garotinho, na Rua Saturnino Braga, no bairro da Lapa.

 

 

A marcha da contagem – Por volta de 18h, com 72% da apuração dos votos, Caio estava na frente do adversário com 50,58% de vantagem contra 49,40% de Wladimir. Até que 10 minutos depois, Wladimir virou e superou o oponente com 50,68% contra 49,42% dos votos válidos. Por volta de 19h, com 98,50% das urnas apuradas, Wladimir ampliou a vantagem, chegando a 52,72% contra 47,38% de Caio.

 

 

Nas ultimas 48 horas houve um crescimento nítido da candidatura de Caio na área central da cidade, o que encheu de esperanças os pedetistas de esperanças em comparação com a disputa na reta final do primeiro turno.

 

 

DECISÃO NO TSE – A situação da chapa Wladimir Garotinho e seu vice Frederico Paes, entretanto, ainda aguarda julgamento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) porque a coligação do candidato Bruno Calil (SD) entrou com uma ação de impugnação da candidatura de Frederico, alegando que o candidato a vice teria se desvinculado fora do prazo da direção do Sindicato dos Hospitais e Clínicas de Campos e do Hospital dos Plantadores de Campos para se candidatar a vice-prefeito.

 

 

No site do TSE, o registro da candidatura de Wladimir consta que o mesmo se encontra “deferido”, mas aguardando julgamento. Na situação da candidatura de Frederico consta “indeferido com recurso”. A mais alta Corte da Justiça Eleitoral ainda não definiu a data do julgamento.

Print Friendly, PDF & Email

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

MENU