Guarda Mirim morre após ser espancado em Macaé


O adolescente Pedro Borghi, de 16 anos, que era integrante da Guarda Mirim de Macaé, morreu após ser espancado. A agressão ocorreu no domingo (13) no bairro Novo Horizonte e a vítima foi socorrida para o Hospital Público de Macaé (HPM), mas não resistiu aos ferimentos.

O corpo de Pedro foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) da cidade.

Em nota, a Guarda Mirim, lamentou a morte de Pedro e informou que ele cumpria com todas as atividades desenvolvidas pelo programa com disciplina e respeito aos colegas e público que possuía contato.

A nota diz ainda que a Coordenadoria Geral de Programas Sociais está prestando o auxílio necessário a família neste momento de dor.

O programa Guarda Mirim atente a 80 adolescente, entre meninos e meninas de 14 e 17 anos, matriculados na rede pública de ensino com o objetivo de evitar a evasão escolar e encaminhar os jovens para o mercado de trabalho.

Segundo a Polícia Civil, foi instaurado inquérito na 123ª Delegacia de Polícia para apurar as circunstâncias da morte do adolescente e diligências estão em andamento para esclarecer o caso.

Fonte: Redação C24H e G1

Print Friendly, PDF & Email

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

MENU