Juiz decreta prisão de vereador afastado de SFI


  O juiz eleitoral de São Francisco de Itabapoana, Alexandre Rodrigues de Oliveira, determinou nesta terça-feira (16) a prisão preventiva do vereador afastado Jarédio Azevedo (SD). Ele está fora do cargo desde 4 de setembro, acusado de compra de votos e apresentação de documentos falsos na prestação de contas da campanha de 2016. Nessa segunda-feira (15), O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) manteve (aqui) a decisão de primeira instância que afastou o parlamentar do cargo.

 O juiz eleitoral atendeu pedido do Ministério Público. Um vídeo apresentado à Justiça mostra o advogado do réu em contato com uma das testemunhas. Segundo o MP, ele a induziu a prestar depoimento. A medida cautelar imposta a Jarédio proibia de contato direto ou indireto com as testemunhas. No caso, o diálogo do advogado com a testemunha é enquadrado como contato indireto.

  Segundo a decisão judicial, o vereador afastado deverá ficar preso pelo prazo necessário à instrução do processo. Jarédio terá de ficar em cela distinta dos demais detentos. Se não houver sala adequada, o juiz manda oficiar o comandante do 8º Batalhão da Polícia Militar, solicitando sala de Estado Maior para fins de cumprimento da prisão preventiva.
  O vereador afastado é considerado, por ora, foragido. A Polícia Federal já foi comunicada para cumprimento da decisão. Confira a decisão do juiz e o mandado de prisão já expedido:

https://static.addtoany.com/menu/page.js

Print Friendly, PDF & Email

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.