Motorista de van tenta fugir de blitz da PRF


     Em meio à polêmica que envolve o transporte alternativo em Campos, que inclusive prevê mais prazo para o recadastramento das vans legalizadas, um motorista da linha Centro-Travessão teria tentado fugir de uma blitz da Polícia Rodoviária Federal (PRF), na BR 101, em frente à Unidade Ponto de Atendimento (UPA), em Guarus.

   O veículo seguia com passageiros para o distrito. A van, adesivada como as que têm autorização do Instituto Municipal de Trânsito e Transporte (IMTT), segundo a polícia, teria dado ré para fugir da operação e foi perseguida por uma viatura da PRF até as proximidades de uma garagem de ônibus na José Carlos Pereira Pinto, poucos metros da 146ª DP, em Guarus. Informações nas redes sociais davam conta que os inspetores federais teriam atirado contra o veículo para evitar a fuga, no entanto, não houve confirmação do fato na 146ª DP, onde o motorista teria relatado que tentou evitar a blitz por estar com as documentações do veículo e dele irregulares. 
  O veículo foi apreendido pela PRF e o responsável pelo veículo multado. 
      Exigência – É para evitar situações como essa, que o IMTT estendeu o prazo para que os proprietários de vans do transporte alternativo de passageiros, Setamp, realizem o recadastramento e também para regularizar pendências. Portaria publicada na última quarta-feira (26), no Diário Oficial (DO) do município, prorrogou a data limite de 31 de agosto para 10 de setembro. Dos 298 veículos autorizados a circular, cerca de 160 teriam feito os procedimentos.
    Reforço – A Polícia Rodoviária Federal tem reforçado as operações nas rodovias federais que cortam Campos. Dentro de um efetivo liberado pelo governo federal para reduzir a criminalidade no estado, principalmente o roubo de carga, 24 policias foram enviados para a área de cobertura de Campos.
Print Friendly, PDF & Email

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.