Chocolate! Flamengo goleia Grêmio no Maracanã e está na final da Libertadores


Foi com tensão no começo, mas que depois se transformou em alívio para no fim terminar em passeio.

O ​Flamengo não tomou conhecimento do ​Grêmio e impôs uma goleada que vai ficar registrada para sempre na história da ​Copa Libertadores: 5 a 0 com direito a muita festa e, claro, a vaga na final. No duelo entre Jorge Jesus e Renato Portaluppi, a bola foi para o português.

Aquela pessoa que não assistiu à partida e viu apenas o placar pode achar que o Rubro-Negro se impôs desde o início e que construiu o resultado com tranquilidade diante de um Maracanã lotado. Não foi bem assim. O primeiro tempo foi carregado de muita briga no meio-campo, muita tensão e raras oportunidades de gol. A melhor delas, inclusive, foi com Maicon, desperdiçada na pequena área após roubada rápida de bola.

 

Por coincidência, foi numa roubada de bola em cima do próprio capitão gremista que surgiu o primeiro gol do Fla. Num contra-ataque fulminante, Gabigol arrematou de direita, Paulo Victor deu rebote e Bruno Henrique completou para as redes. Aos 43 minutos do primeiro tempo, era o grito de alívio.


A descarga emocional ficou ainda mais evidente na volta do intervalo. Logo aos 2 minutos, numa bola pingada após um escanteio, Gabigol (agora de canhota) não teve pena para ampliar para 2 a 0. O que parecia difícil para o Grêmio foi se tornando impossível, à medida em que a torcida se inflamava e jogava junto com o time. O terceiro (Gabigol, de pênalti), o quarto (Marí) e o quinto (Rodrigo Caio) gols saíram praticamente numa só batelada.

 

Os gaúchos, nocauteados pelo ímpeto letal do adversário, não tinham mais o que fazer a não ser esperar o apito final e esquecer de uma vez por todas que o jogo aconteceu.

Print Friendly, PDF & Email

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

MENU