Psol quer cassar Wladimir e Dauaire


O diretório estadual do Psol pediu a cassação do deputado federal eleito Wladimir Garotinho (PRP) e do deputado estadual reeleito Bruno Dauaire (PRP) por suposta compra de votos na última eleição. Na petição encaminhada ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE), o partido junta uma série de fotos e um vídeo como provas da ligação de cabos eleitorais que estariam envolvidos nos supostos crimes e também cita uma possível aproximação dos dois políticos com traficantes de Guarus. 

No pedido de abertura da ação eleitoral, o Psol faz referência à operação Verde Oliva, das polícias Civil e Militar, desencadeada em 16 de outubro com o objetivo de prender suspeitos da morte de um militar do Exército. Durante as investigações, uma escuta telefônica foi divulgada pela imprensa no qual o suposto chefe do tráfico no Parque Eldorado fala de dentro do presídio sobre quais candidatos poderiam fazer campanha na comunidade.
— Quando consultado o resultado das eleições, verifica-se que o primeiro réu (Wladimir) teve expressiva votação na localidade acima mencionada, sendo o candidato federal mais votado de lá, tal como ocorreu com o segundo réu (Bruno), para deputado estadual — diz a denúncia.
O documento, que ainda está na Corregedoria Eleitoral, faz menção também a cabos eleitorais de Wladimir e Bruno que teriam comprado votos de eleitores por R$ 50 no bairro da Penha durante a última eleição.Fonte:Folha1

https://static.addtoany.com/menu/page.js

Print Friendly, PDF & Email

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.