Você pode ter dinheiro no fundo PIS/Pasep e só resta uma semana para sacar


Termina em uma semana o prazo para sacar as cotas do fundo PIS/Pasep para quem trabalhou em empresas ou no setor público de 1971 a 1988. Até 28 de setembro, todos que têm recursos nesse fundo podem sacar o dinheiro. Depois desse dia, o saque volta a ser restrito.
A média de pagamento é de R$ 1.370, mas pode ser mais ou menos, conforme a situação de cada um. Esse número é só uma média entre o total de dinheiro disponível e o número de trabalhadores com direito. 

O benefício não tem relação com o abono anual salarial do PIS/Pasep. É algo extra e independente.
Quem pode sacar após o dia 28 
Depois de 28 de setembro, só poderá receber o dinheiro quem preencher pelo menos um dos seguintes requisitos:
 – 60 anos de idade ou mais 
– estar aposentado 
– invalidez 
– câncer 
– portador do vírus HIV
– doenças graves listadas em portaria interministerial do governo
– idoso e/ou pessoa com deficiência que recebe o Benefício da Prestação Continuada (BPC)
– transferência para reserva remunerada ou reforma (no caso de militar)
– em caso de morte do trabalhador, a família pode sacar
Pagamento direto na conta 
Trabalhadores que têm direito ao saque e são clientes do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal já receberam o dinheiro automaticamente na conta.
Uma parcela dos correntistas dos bancos Itaú Unibanco, Bradesco, Santander, Bancoob, Sicredi, Banestes, BRB e Mercantil também já receberam o dinheiro, graças a um acordo feito pelo ministério do Planejamento. 
Porém, cerca de 5 milhões de pessoas tinham algum problema cadastral e terão que procurar uma agência da Caixa (para o PIS) ou do Banco do Brasil (para o Pasep), levando um documento com foto, para sacar o benefício. O prazo também é 28 de setembro.

Fonte: Uol

https://static.addtoany.com/menu/page.js

Print Friendly, PDF & Email

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.