IBGE abre novo concurso para 913 vagas de agente censitário


O IBGE abriu mais um processo seletivo simplificado complementar para a contratação temporária de trabalhadores para o Censo Demográfico 2022. São 285 vagas para Agente Censitário Municipal (ACM) e 628 vagas para Agente Censitário Supervisor (ACS), distribuídas em 679 municípios, em 10 estados.

As inscrições começam nesta quinta-feira (16) e se encerram no domingo (19). Não haverá cobranã de taxa e as inscrições devem ser realizadas de forma online na página do IBGE.

 

Veja o edital no site do IBGE

A remuneração mensal oferecida é de R$ 2.100,00 para o ACM e de R$ 1.700 para o ACS, mais auxílio-alimentação e auxílio-transporte. A previsão de duração do contrato é de até cinco meses, podendo ser prorrogado.

 

Para participar é preciso ter ao menos o ensino médio completo.

 

O ACM gerencia o trabalho do posto de coleta, enquanto o ACS, subordinado ao ACM, tem como principal função orientar os recenseadores durante a execução dos trabalhos de campo.

 

A jornada de trabalho será 40 horas semanais, sendo 8 horas diárias.

 

A abertura do novo concurso “é uma forma de continuar a seleção iniciada por meio do edital nº 09/2021, visando suprir as vagas das localidades que tiveram a listagem de candidatos aprovados esgotadas e que tenham vagas disponíveis e dos locais com baixo número de aprovados”, explicou o IBGE.

 

Distribuição das vagas
Minas Gerais é o estado com o maior número de vagas, com 175 oportunidades em 141 municípios. Já a região Sul concentra o maior número: em Santa Catarina, são 162 vagas em 108 municípios, no Rio Grande do Sul, há 142 para 127 municípios, e no Paraná, o total é de 133 vagas em 127 municípios.

 

Dentre o total de 913 vagas ofertadas no processo, 85 são para Pessoas Pretas ou Pardas (PPP) e 15 para Pessoas com Deficiência (PcD).

Print Friendly, PDF & Email

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

MENU