RJ tem aumento de 25% dos casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave, aponta Infogripe


De acordo com estudo da Fiocruz, média móvel de casos saltou de 336 para 421 em todo o estado. Segundo especialistas, números podem estar ligados à Covid e à epidemia de gripe.

 

Em meio à epidemia de gripe, o estado do Rio de Janeiro teve um aumento de 25% dos casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave, segundo dados do Projeto Infogripe, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

 

Para os especialistas, os números podem estar relacionados tanto à Covid-19 quanto à epidemia de Influenza, que se alastra pela capital e por cidades da Região Metropolitana.

 

Entenda: o que está por trás da epidemia de gripe no Rio de Janeiro

De acordo com o estudo, entre os dias 24 e 30 de outubro e 14 e 20 de novembro, a média móvel de casos semanais saltou de 336 para 421 em todo o estado.

 

A faixa-etária de 0 a 9 anos teve um dos maiores crescimentos. O grupo de 20 a 29 anos também teve aumento expressivo.

 

Sintomas parecidos
Os sintomas da Covid e da gripe são quase sempre os mesmos. Por isso, há muita confusão no diagnóstico.

 

“Febre, dor de cabeça, tosse”, descreve a doméstica Severina Araújo.

 

“Garganta fechada, não conseguia respirar. Além da febre alta, de quase 40 graus”, relembrou a doméstica Silvania da Silva.

 

“O surto da gripe está igualzinho ao da Covid. Então a gente fica preocupado com isso, não é? Mas hoje, graças a Deus estou tomando a terceira vacina contra a Covid e agora é só felicidade”, disse a cuidadora Dalva da Silva.

Cuidados
Para evitar o contágio, os cuidados e a prevenção da Covid-19 e da Influenza são os mesmos e devem ser mantidos.

 

E tomar a vacina é fundamental: “Estou sempre lavando as mãos sempre e usando álcool em gel. Tem que fazer essas coisas”, afirmou a aposentada Márcia Mazante.

Print Friendly, PDF & Email

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

MENU