Cipa Escolar: Smec promove palestra de encerramento do ano


Alunos, professores, gestores e funcionários da rede municipal de ensino de São Francisco de Itabapoana (SFI) participaram da palestra de encerramento da Comissões Internas de Prevenção de Acidentes e Doenças nas Escolas – Cipa Escolar do Ministério Público do Trabalho no Rio de Janeiro (MPT-RJ). A Secretaria Municipal de Educação e Cultura (Smec) destacou que as ações vinculadas ao projeto retornam em 2022.

A palestrante foi a técnica em Segurança do Trabalho, Flávia Izidório. Além da prevenção de acidentes no ambiente escolar, ela abordou a atenção para com distúrbios psicológicos, sobretudo, no retorno às aulas presenciais após o período mais intenso da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

 

“A Cipa é formada por pessoas para atendimento emergencial, para proporcionar maior segurança durante a jornada de trabalho e estudo para os profissionais e os alunos, visando a diminuição do número de acidentes e doenças relacionadas ao trabalho. Para isso, a Cipa elabora um plano de trabalho com diversas ações preventivas”, explicou.

 

As palestras foram realizadas nas unidades escolares onde a Cipa foi empossada recentemente. Elas contaram com a presença do secretário municipal de Educação e Cultura, Robson Santana.

 

Ele lembrou que um dos objetivos da Cipa é fazer com que “escola e comunidade caminhem juntos” para prevenir acidentes, melhorar e garantir a saúde e a segurança para cada individuo dentro da escola. “Desde que iniciamos este projeto a prefeita Francimara Barbosa Lemos destacou a importância de estabelecer parcerias com importantes entidades como é o caso do MPT-RJ”, disse.

 

Também acompanhando o andamento das comissões, o diretor do Departamento de Gestão Estratégica e Projetos da SMEC, Valnes Soares, contou que “nosso intuito é incentivar uma visão diferenciada para que cada um seja multiplicador do conhecimento aprendido”.

Print Friendly, PDF & Email

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

MENU