Detran-RJ lança cartilha digital para motociclistas profissionais


Com a pandemia do novo coronavírus e maior demanda para os serviços delivery, o Detran-RJ lançou nesta sexta-feira (25), Dia Nacional do Trânsito, uma cartilha digital com orientações destinadas aos motociclistas profissionais, fundamentais para a estratégia coletiva de isolamento social.

 

A cartilha traz orientações gerais de prevenção do vírus, como higienizar corretamente guidon e capacete, dicas essenciais para a classe que arrisca a própria saúde na tarefa de levar e trazer inúmeros pedidos e encomendas diariamente. O material está disponível para download na página do órgão, através deste link.

 

 

Hoje, o Estado do Rio tem mais motocicletas que há um ano. Nos últimos 12 meses, foram mais 31 mil veículos desse tipo. O total de motos saltou de 1.211.646 para 1.243.203.

 

 

“Esses profissionais precisam estar protegidos com os equipamentos adequados e adotando as práticas de higienização, pois lidam diariamente com milhares de pessoas, o que aumenta as chances de se contaminarem. Desta forma, é primordial que eles recebam orientações para garantir a sua proteção e como proceder corretamente para manter a sua saúde e de todos ao redor”, frisou o presidente Detran.RJ, Marcello Braga Maia.

 

 

Número de vítimas de acidentes cai durante isolamento social
Segundo dados do Instituto de Segurança Pública do Rio de Janeiro (ISP), o estado do Rio registrou de janeiro a agosto de 2019 mais de 19 mil vítimas do trânsito entre mortos e feridos. Já em 2020, esse número caiu para cerca de 11 mil, o que representa uma queda de 40% no número de vítimas de acidentes de trânsito no Estado no mesmo período.

 

Ainda de acordo com o presidente do órgão, o isolamento social e o fechamento do comércio foram fatores importantes para a queda dos acidentes de trânsito. “É muito importante lembrar que, mesmo com a diminuição, devemos manter os mesmos cuidados no trânsito e continuar preservando milhares de vidas”, explicou o presidente do Detran.RJ Marcello Braga Maia.

 

De acordo com dados do Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde (DataSUS), o país registrou uma queda anual de 7% nas mortes por acidentes de trânsito no período entre 2015 e 2019, gerando uma redução de 43 mil para 30 mil mortes anuais.

 

 

Print Friendly, PDF & Email

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.