Réveillon do Rio terá shows de artistas em pontos turísticos sem público transmitidos pela internet


Shows de iluminação e queima de fogos poderão ser realizados, mas também sem a presença de público. Empresas interessadas devem enviar proposta até o dia 22 de outubro.

A Prefeitura do Rio publicou nesta quinta-feira (10) uma convocação para que empresas interessadas apresentem propostas para o réveillon deste ano, bem como as regras da festa. A tradicional queima de fogos em Copacabana não irá acontecer devido à pandemia do coronavírus, mas são previstos shows com transmissão ao vivo pela internet.

 

A expectativa da Riotur é que empresas privadas “apresentem projetos criativos e que estejam em harmonia com a realidade atual”. A ideia é que os principais pontos turísticos da cidade sejam ocupados por grandes artistas que farão shows sem a presença de público, com transmissão online no formato de live.

 

Também são previstos espetáculos de iluminação, com luzes e queima de fogos, mas também sem a presença de público. A transmissão dos shows será realizada por meio do canal oficial da Riotur no YouTube, mas também será possível retransmitir por meio de canais de TV, abertos ou fechados.

 

“A empresa organizadora eleita apta para realizar o evento será encarregada de toda a sua organização, desde o desenvolvimento do projeto, que será julgado dentre outros itens pelo seu ineditismo e criatividade, passando pela infraestrutura até a pós-produção do evento da virada”, destacou a prefeitura.

 

A Convocação do Caderno de Encargos foi publicada na edição desta quinta-feira do Diário Oficial do Município. As empresas interessadas têm prazo até 22 de outubro para que as empresas interessadas enviem suas propostas.

Print Friendly, PDF & Email

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.