RJ volta a registrar desrespeito a medidas de distanciamento social e uso de máscaras; veja imagens


Imagens mostram aglomeração em choperia em Jacarepaguá, em ruas do Leblon, na Zona Sul, em Campo Grande, e até em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense.

Mais um fim de semana no Rio de Janeiro volta a ter registros de desrespeito às medidas de distanciamento social e ao uso de máscaras.

 

Segundo moradores de Jacarepaguá, na Zona Oeste da cidade, uma choperia da região ficou lotada na noite deste sábado (15). Muitas pessoas sem máscara podiam ser vistas do lado de fora do estabelecimento, que fica na Avenida Engenheiro Souza Filho.

 

Entramos em contato com a Choperia Estação Berlin, que informou que adotou as medidas necessárias. “Temos álcool GL disponível, todos os funcionários de máscaras e sabão e água e papel toalha disponíveis para clientes.”, informou o estabelecimento.

 

No Leblon, na Zona Sul da cidade, imagens mostram um festival de desrespeito no entorno da Rua General Venâncio Flores, na madrugada deste domingo (16). Após o fechamento dos bares, as pessoas se aglomeravam nas calçadas do bairro.

 

Em Campo Grande, na Zona Oeste, moradores também registraram aglomeração nas ruas. Em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, a situação se repetiu, com pessoas muito próximas uma das outras e sem máscaras.

 

Neste sábado, o estado do Rio chegou a 14.526 mortes por coronavírus. Até agora, 190.614 casos da doença foram confirmados, segundo dados da Secretaria de Estado de Saúde (SES).

 

Em 24 horas, a pasta estadual recebeu a confirmação de 19 novos óbitos e 723 novos casos.

 

No fim de semana passado, a situação foi a mesma. Na noite de domingo (9), imagens mostraram aglomerações em eventos e em bares da cidade. No Itanhangá, na Zona Oeste da cidade, moradores flagraram uma grande festa.

 

Na Rua Dias Ferreira, uma das ruas mais famosas do Leblon, na Zona Sul, dezenas de pessoas ocupavam as calçadas em frente a um bar. Muitas não usavam máscaras.

 

Print Friendly, PDF & Email

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.