Domingo tem orla da Zona Sul do Rio cheia e com desrespeito às normas


Pessoas com cangas e cadeiras nas areias, o que ainda não é permitido, podiam ser vistas na Praia do Leme. Também era possível ver pessoas sem máscaras.

A orla da Zona Sul do Rio de Janeiro registrou bastante movimento nas areias e no calçadão neste domingo (26). A manhã foi de céu parcialmente nublado e vento; ainda assim, as normas de distanciamento da prefeitura não foram respeitadas.

 

Muitas pessoas foram vistas com cadeiras e cangas estendidas nas areias na Praia do Leme, o que não é permitido de acordo com o plano de reabertura do Município do Rio.

 

Cenário semelhante foi visto na Praia de Ipanema, que tinha também calçadão cheio.

 

Carros da Guarda Municipal fazem alertas sobre o uso de máscaras, mas muitas pessoas circulavam sem ela pelas areias e o calçadão.

Regras
O banho de sol e o uso de cadeiras e barracas nas areias seguem proibidos, mas é possível praticar atividades físicas individuais durante o fim de semana, como stand up paddle e surf.

A prática de esportes coletivos, como vôlei e futevôlei, em praias e lagoas passou a ser permitida, mas apenas em dias de semana, de segunda a sexta.

 

A multa prevista para quem desrespeitar as regras é de R$ 107. No começo do mês, o prefeito Marcelo Crivella chegou a dizer que só liberaria completamente a faixa de areia com a existência de uma vacina.

 

O Estado do Rio de Janeiro registrou, até sábado, 12.808 mortes e 156.293 casos confirmados de Covid-19, segundo dados da Secretaria de Estado de Saúde. Foram 154 óbitos e 1.414 casos novos registrados em 24 horas.

 

Na média móvel, são 127 mortes. Há ainda 1.160 óbitos em investigação e 318 foram descartados.

Print Friendly, PDF & Email

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.