Witzel recomenda a secretários que celulares sejam recolhidos em reuniões com parlamentares


O governador Wilson Witzel (PSC) deu uma “orientação expressa” a secretários para que, em reuniões com parlamentares, os celulares de assessores não sejam utilizados.

Mais que isso: aparelhos telefônicos com gravador de voz ou de vídeo devem ser recolhidos dos auxiliares antes do evento. A exceção, sugere Witzel, são os aparelhos dos próprios deputados, vereadores ou senadores. Mas é necessário, segundo ele, que haja um “local adequado e seguro para depósito e guarda” dos telefones de auxiliares dos políticos. O ofício enviado em julho é assinado pelo chefe do Gabinete de Segurança Institucional, José Luiz Corrêa da Silva.

 

De acordo com o texto, a determinação se dá com “foco na segurança da informação e na segurança institucional” do Governo do Estado.

Na campanha, Witzel defendeu a implementação de uma nova política. O programa de governo falava em acabar com o “toma lá, dá cá” nas relações com o Parlamento.

“Para isso, as relações serão pautadas com transparência”, diz o programa no cabeçalho sobre Relações Institucionais, na página 21.

Print Friendly, PDF & Email

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

MENU