Bandidos furtam mais de R$ 40 mil em materiais na Uenf


   O campus Leonel Brizola da Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf) Darcy Ribeiro, em Campos, teve unidades furtadas na madrugada desta quinta-feira (05/10). Segundo informações, o prejuízo pode ultrapassar R$ 40 mil. Entre os instrumentos levados está uma lupa (valor aproximado em R$ 15 mil), que deverá impedir a continuidade de projetos de pesquisa, gerando perdas incalculáveis para a ciência fluminense.

   O crime aconteceu entre 1h e 5h. Os bandidos, que ainda não foram identificados, também furtaram um computador completo (tela, nobreak e CPU), totalizando R$ 7 mil; uma impressora com scanner jato de tinta (R$ 1 mil); uma impressora com scanner à laser (R$ 1600); uma câmera digital (R$ 600); um GPS simples (R$ 1 mil); outro GPS (R$ 4.500); um anemômetro – aparelho que mede ou registra a velocidade dos ventos e, às vezes, também a sua direção (R$ 1500); dois termohigrômetros – usado como medidor de temperatura e umidade (R$ 300 os dois); além de 10 cancelas, vasos sanitários e oito bebedouros para animais. Os materiais estavam no Laboratório de Ecologia Experimental, onde o prejuízo estimado foi em torno de R$ 36 mil e no setor emário (onde as emas ficam alojadas).
    Os furtos ocorridos na madrugada desta quinta-feira se somam a vários outros que já foram realizados em diferentes unidades da Uenf, após a suspensão dos serviços de proteção patrimonial em função da falta de pagamentos das empresas terceirizadas. Os dois campi e as unidades isoladas de pesquisa da Uenf estão sem qualquer tipo de serviço de segurança desde outubro de 2016 quando a empresa K-9 descontinuou as suas atividades por causa da falta de pagamentos.
  Essa situação que ameaça a continuidade de projetos de pesquisa e a segurança da comunidade universitária da Uenf é um dos motivos pelos quais os professores têm se mantido em greve. “Sem que haja um mínimo de segurança, as perdas materiais que estão sendo causadas pelos furtos poderá ainda resultar na perda de vidas humanas”, disse o professor Marcos Pedlowski.
  À tarde, a perícia esteve no local e constatou o furto. O caso foi registrado na 134ª Delegacia Legal no Centro, para investigação. A polícia pede para quem souber de quaisquer informações que possam levar ao paradeiro dos suspeitos e dos materiais levados da instituição que liguem para o Disque Denúncia (22) 2723 1177. O anonimato é garantido.
Print Friendly, PDF & Email

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.