Bolsa Família: primeira rodada de pagamentos começa nesta quarta; veja calendário de janeiro


Governo Federal pretende beneficiar cerca de a 21,9 milhões de famílias, a partir de um investimento de R$ 13,38 bilhões.

 

O calendário de pagamentos do Bolsa Família, programa de transferência de renda do Governo Federal, começa nesta quarta-feira (18). O primeiro grupo a receber o benefício são as pessoas que têm o Número de Identificação Social (NIS) com final 1. O número é encontrado no cartão do Auxílio Brasil.

 

Os pagamentos serão feitos ao longo deste mês e de acordo com o último dígito do NIS impresso no cartão de cada titular, como já acontece. Aqueles que possuírem o NIS com final zero, por exemplo, só deverão receber o benefício em 31 de janeiro. O valor mínimo repassado às famílias é de R$ 600.

O benefício ainda não contará com os R$ 150 a mais por criança de 0 a 6 anos de idade prometidos por Lula — e, por isso, ainda não é chamado oficialmente de “Bolsa Família” pelo governo.

 

Segundo informações do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), a estimativa é que esse pagamento adicional só comece em março — quando o governo deve relançar o programa com o nome de “Novo Bolsa Família”.

 

Ainda de acordo com o Governo Federal, a estimativa é que cerca de 21,9 milhões de famílias recebam o benefício, a partir de um investimento de R$ 13,38 bilhões. O programa está presente nos 5.570 municípios do país. Por enquanto, o valor médio recebido por família é de R$ 614,21.

 

Preciso trocar o cartão?
Não, os usuários não precisam trocar ou atualizar os cartões. Os mesmos cartões do Auxílio Brasil, nome adotado pelo governo anterior, seguem válidos para saques e movimentações, afirma o Ministério.

 

O valor vai aumentar?
Não. Até o momento será pago o valor mínimo de R$ 600 a cada família, de acordo com a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) aprovada pelo Congresso Nacional em dezembro do ano passado.

O Governo Federal pretende incluir o valor adicional de R$ 150 por cada criança de zero a seis anos em cada família a partir de março.

 

Como sei se tenho direito ao benefício?
É possível consultar a situação do benefício pelo aplicativo Auxílio Brasil, pelo aplicativo Caixa Tem e pelo Atendimento Caixa por meio do telefone 111. Em caso de dúvidas, o beneficiário pode entrar em contato com o Ministério do Desenvolvimento Social pelo telefone 121.

Print Friendly, PDF & Email

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

MENU