Comércio de rua do Rio calcula o prejuízo com feriados em quase R$ 4 bilhões para 2023, dizem associações


O cálculo das associações leva em conta os dias de feriados e datas “enforcadas”. Cada dia parado, segundo o CDL e o Sindilojas, é de R$ 320 milhões de prejuízo para cada dia de feriado. Ao longo do ano o comércio terá mais de 20 dias de movimento prejudicado, segundo a estimativa.

 

O Clube de Diretores Lojistas do Rio de Janeiro (CDLRio) e o Sindicato dos Lojistas do Comércio do Município do Rio de Janeiro calculam em quase R$ 4 bilhões o prejuízo dos comerciantes com feriados em 2023.

 

O cálculo das associações leva em conta os dias de feriados e datas “enforcadas”. Cada dia parado, segundo o CDL e o Sindilojas, é de R$ 320 milhões de prejuízo para cada dia de feriado. Ao longo do ano o comércio terá mais de 20 dias de movimento prejudicado, segundo a estimativa.

 

Segundo o presidente do CDLRio e do SindilojasRio, Aldo Gonçalves, apesar dos acordos feitos entre o SindilojasRio e o Sindicato dos Empregados do Comércio que permitem as lojas abrirem, os feriados do ano e seus possíveis prolongamentos vão penalizar os lojistas, principalmente as lojas de rua, especialmente no centro da cidade que fica sem movimento.

 

“Não há dúvida que este excessivo número de dias parados prejudicará o comércio. São mais de 20 dias (quase um mês) de vendas depreciadas. E não são apenas os empresários lojistas que perdem com isso.

 

Perdem os comerciários que deixarão de vender, o próprio consumidor que não pode comprar e o governo que deixa de arrecadar impostos. No caso dos comerciários, estimativa do CDLRio e do SindilojasRio mostra que eles podem perder quase um salário no ano, um verdadeiro 14º jogado fora. Não somos contra os feriados em datas comemorativas – e até mesmo, quando possível, o adiamento deles.

 

Mas somos a favor de que a sociedade civil organizada, empresários, líderes de classe e autoridades se sentem à mesa para discutir outras soluções que evitem tamanho desperdício”, conclui Aldo Gonçalves.

Print Friendly, PDF & Email

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

MENU