Tiroteios durante operações policiais deixam ao menos 15 mortos nesta sexta no RJ


Policiais civis e militares trocaram tiros com criminosos durante ações no Complexo da Maré, no Juramento e no Morro do Estado, em Niterói. Três toneladas de droga e grande quantidade de eletrônicos foram apreendidas.

 

Ao menos 15 pessoas morreram nesta sexta-feira (25), durante operações das polícias Militar e Civil em três pontos diferentes do Grande Rio.

Segundo apurou a TV Globo, as mortes ocorreram durante troca de tiros entre policiais e criminosos na Maré (6 óbitos) e Juramento (6), na Zona Norte da capital, e em Niterói (3), na Região Metropolitana.

 

Além dos mortos, até o início da tarde desta sexta, ao menos quatro pessoas ficaram feridas. Entre eles, um policial do Bope, de 41 anos, encaminhado para o Hospital Federal de Bonsucesso. Ele foi atingido no tórax e na barriga e tem quadro de saúde estável.

 

As mortes ocorreram durante ações das polícias Civil e Militar.

 

O homem baleado de manhã foi identificado como Renan Souza de Lemos, de 24 anos, foi baleado e socorrido por moradores. O Corpo de Bombeiros chegou a ser acionado às 7h40, mas o rapaz não resistiu aos ferimentos.

 

Segundo as forças de segurança do estado, a ação das polícias civis e militares do RJ era uma “operação integrada” nas comunidades Nova Holanda e Parque União, no Complexo da Maré, a fim de “coibir movimentações criminosas relacionadas a roubo de carga e roubo de veículos”. A operação teve início nas primeiras horas da manhã.

A Secretaria Municipal de Educação informa que 40 escolas do Complexo da Maré não abriram as portas nessa manhã. O comércio local também não funciona, de acordo com moradores. A Clínica da Família Jeremias Moraes da Silva também não funcionou.

 

Três toneladas de drogas

Durante a operação, a polícia apreendeu vários carros roubados, eletrônicos roubados e três toneladas de drogas.

 

Policiais civis localizaram um galpão dentro da favela Nova Holanda que estocava equipamentos eletrônicos piratas, como caixas de som e fones de ouvido.

 

6 mortos no Morro do Juramento
Também na manhã desta sexta-feira, policiais militares realizaram uma operação da PM no Morro do Juramento, em Vicente de Carvalho, na Zona Norte do Rio. Pelo menos seis pessoas morreram baleadas na ação. A Polícia Militar disse que todos foram mortos em confronto.

 

Segundo a PM, policiais do 41º BPM (Irajá) foram para o Juramento a fim de “reprimir o tráfico de drogas e as ações de criminosos no entorno da comunidade”.

 

A PM afirmou que um homem segue internado sob custódia no Hospital Getúlio Vargas, na Penha, na Zona Norte do Rio. Nesse confronto, um policial militar foi ferido por um tiro em uma das mãos. Ele está fora de perigo.

 

Na ação, os policiais apreenderam dois fuzis, quatro pistolas, uma granada e uma quantidade de drogas ainda não contabilizada. A ocorrência foi encaminhada para a 27 ª DP (Vicente de Carvalho).

 

Mortos em Niterói
Um confronto entre policiais e criminosos no Morro do Estado, em Niterói, deixou três mortos e dois feridos na madrugada desta sexta-feira (25).

 

Policiais do 12º BPM (Niterói) faziam patrulhamento quando foram informados sobre disparos de armas de fogo na comunidade. Os agentes foram até a região e encontraram indivíduos armados. Houve um tiroteio, e cinco suspeitos foram encontrados.

 

Três deles estavam mortos e dois foram levados para o hospital Azevedo Lima. Com os suspeitos, foram apreendidos um fuzil, três pistolas, drogas e um rádio comunicador.

 

A Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí investiga o caso.

Print Friendly, PDF & Email

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

MENU