Servidores participam de capacitação para atendimento às vítimas de escravidão contemporânea


Por meio de parceria com o Ministério Público do Trabalho do Estado do Rio de Janeiro (MPT-RJ), a Secretaria Municipal de Trabalho e Desenvolvimento Humano (SMTDH) de São Francisco de Itabapoana (SFI) promoveu nesta quarta-feira (22) o Curso de Formação do Projeto Estratégico Capacitação da Rede de Atendimento às Vítimas de Escravidão Contemporânea (Precav).

 

O curso foi desenvolvido pela Caritas Arquidiocesana do Rio de Janeiro e direcionado a servidores da SMTDH e da Secretaria Municipal de Saúde. Através de quatro aulas, foram abordados temas como fluxos de atendimento, aspectos psicossociais e conceituação de trabalho escravo, tráfico de pessoas e migração.

 

O secretário municipal de Trabalho e Desenvolvimento Humano, Fagner Azeredo, afirmou que o curso visou o desenvolvimento pessoal e profissional dos servidores ligados à assistência de vítimas do trabalho escravo e tráfico de pessoas.

 

Paralelamente, a assessora técnica da SMTDH, Nágila Coutinho, ponderou que é preciso combater todos os tipos de violência. “Através da formação, os munícipes receberão um atendimento com cada vez mais qualidade”, finalizou.

 

A procuradora do MPT-RJ, Guadalupe Coutinho, também participou e agradeceu a parceria com a prefeitura. Ela relatou a necessidade de combater e erradicar a escravidão contemporânea.

 

Segundo Coutinho, a região Norte Fluminense conta com o maior percentual de trabalhadores retirados de situação análoga à escravidão. A maioria deles declaram-se naturais de SFI ou Campos dos Goytacazes. “Contamos muito com o colaboração de vocês, somando forças”, comentou.

 

A capacitação foi realizada na sede da SMTDH, na área central. Na abertura, foi respeitado um minuto de silêncio pela morte da funcionária Soraya Miranda dos Santos.

Print Friendly, PDF & Email

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

MENU