SFI participa de encontro para discutir impactos do Porto Central


São Francisco de Itabapoana (SFI) marcou presença no 1º Encontro de Parceiros do Programa de Educação Ambiental (PEA) do Porto Central, na semana passada, na EMEIF Pluridocente Barra de Marobá, no município de Presidente Kennedy (ES), onde será implantado o empreendimento. O evento objetivou discutir os impactos sociais e ambientais que serão provocados, principalmente nas três cidades na área de influência direta do porto: além de Presidente Kennedy e Marataízes (ES), SFI.

“A pedido da prefeita Francimara Barbosa Lemos, estive no encontro, já que o nosso município está mais perto do Porto Central do que Presidente Kennedy e precisamos estar atentos para não deixar que soframos os danos ambientais. O empreendimento ficará próximo à foz do Rio Itabapoana e durante o evento ressaltei a importância de que todas as medidas sejam tomadas para que não tenhamos impactos na nossa região pesqueira”, revelou o vice-prefeito Raliston Souza, acrescentando:

 

“A prefeita Francimara também solicitou que estivéssemos atentos em relação à questão dos 1.225 postos de trabalho iniciais que serão gerados. Estamos acompanhando as demandas para que os moradores do nosso município sejam capacitados e não percam esta grande oportunidade, a fim de poderem absorver parte destas vagas”, destacou o vice-prefeito, que esteve no encontro juntamente com o secretário de Meio Ambiente, Manoel Mendes, e o vereador Milsinho Mota, líder do Governo na Câmara Municipal.

 

A prefeita Francimara reforçou que a Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Humano, através do Balcão de Emprego e dos cursos disponibilizados pelo Departamento de Geração de Trabalho e Renda (GTR), vem promovendo a capacitação dos munícipes para estarem aptos a preencherem as vagas que serão disponibilizadas com o empreendimento.

 

Além de SFI, participaram do encontro representantes dos outros dois municípios da área de influência direta do Porto Central e das comunidades e dos segmentos da sociedade e lideranças.

 

Porto Central – O empreendimento será instalado em uma área de aproximadamente dois mil hectares, o equivalente a três mil campos de futebol e acomodará vários terminais de grande escala ao longo de seus 10km de berços e píeres. Com até 25 metros de profundidade, o porto estará apto a receber os maiores navios do mundo com até 400 mil toneladas de capacidade.

Print Friendly, PDF & Email

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

MENU