Google anuncia Android 13, novo celular e mais; confira


Na primeira edição de sua conferência para desenvolvedores com a presença de público na pandemia, a empresa também apresentou melhorias em aplicativos como Google Maps e Google Assistente.

 

O Google anunciou novidades sobre Android 13 e celulares nesta quarta-feira (11). Na primeira edição do Google I/O, seu evento para desenvolvedores, com presença de público na pandemia, a empresa também apresentou melhorias em serviços como Tradutor, Maps e Assistente.

 

Android 13
O Google liberou nesta quarta a segunda versão beta do Android 13. O sistema oferece mais privacidade e permite reduzir a quantidade de informações às quais um aplicativo tem acesso.

 

Em vez de pedir permissão para acessar “Arquivos e mídia”, que inclui os mais diversos tipos de arquivos, os apps terão que pedir uma autorização para acessar “Fotos e vídeos” e outra para acessar “Música e áudio”.

 

O Android também vai oferecer uma opção para usuários especificarem quais imagens, vídeos e áudios poderão ser visualizados pelos aplicativos.

 

A empresa também passou a exigir que aplicativos peçam autorização antes de enviarem notificações e reduziu o número de aplicativos que pedem acesso à localização do usuários.

 

O sistema continua com a interface Material You, apresentada na geração anterior. Ela foi atualizada e, agora, todos os aplicativos do Google podem seguir o padrão de cores no papel de parede e nos ícones da tela inicial.

 

Os usuários também poderão definir as preferências de idioma para cada aplicativo. Com isso, será possível acessar uma rede social em inglês e o aplicativo do banco em português, por exemplo.

 

Pixel
O Google usou o evento para anunciar novos dispositivos. O Pixel 6a, que segue o visual do modelo apresentado em 2021 e também conta com o chip Google Tensor, será vendido a partir de julho nos EUA. Ele será oferecido em três cores por US$ 449 (cerca de R$ 2.300), mas não há previsão de chegada ao Brasil.

 

A empresa também apresentou os fones de ouvido Pixel Buds Pro, que contam com cancelamento de ruído ativo e ganharão suporte para áudio espacial, que dá a sensação de imersão ao ouvir músicas ou assistir vídeos com o dispositivo. O aparelho começarão a ser vendidos nos EUA em julho por US$ 199 (R$ 1.000).

 

A companhia também revelou os novos smartphones Pixel 7 e Pixel 7 Pro, bem como o relógio inteligente Pixel Watch, que serão lançados em uma segunda etapa. Para 2023, a empresa anunciou que lançará o Pixel Tablet.

 

Google Tradutor
O aplicativo de traduções do Google ganhou suporte para mais 24 idiomas, totalizando 133 disponíveis ao todo. De acordo com a empresa, mais de 300 milhões de pessoas falam as línguas que ficaram disponíveis na ferramenta.

 

Na lista, há idiomas indígenas da América do Sul, como o guarani que, segundo o Google, é falado por mais de sete milhões de pessoas no Paraguai, na Bolívia, na Argentina e no Brasil.

 

O Google afirma que, para aumentar o suporte do Tradutor, trabalhou com falantes, professores e linguistas especializados nos idiomas recém-adicionados.

 

Google Maps
O serviço de mapas ganhou o Immersive View, que oferece uma nova experiência ao explorar cidades em 3D. Com a funcionalidade, é possível saber, por exemplo, como é uma cidade de dia ou à noite. O recurso também permite ter uma visão de dentro de comércios locais, como restaurantes.

 

O Immersive View será liberado ainda este ano no Android e no iOS em pontos-chave de cinco cidades: Los Angeles, Londres, Nova York, São Francisco e Tóquio. Segundo o Google, o recurso chegará para outras cidades em breve.

 

Google Search
O Google anunciou uma atualização no Multisearch, um recurso lançado em abril que permite buscar fotos com um texto de complemento.

 

Agora, a funcionalidade também poderá ser usada para pesquisar informações no local do usuário. Os usuários poderão tirar foto de uma comida, por exemplo, e perguntar ao Google se há restaurantes por perto em que ela é vendida.

 

O recurso será liberado este ano para buscas em inglês e ganhará novos idiomas em uma segunda etapa.

 

Outra novidade na busca é o Scene Exploration, um recurso que consegue apresentar informações sobre vários objetos que aparecem em uma imagem. Segundo o Google, a opção pode ajudar a encontrar mais rapidamente um produto no mercado ou um remédio na farmácia, por exemplo.

 

Google Assistente
O Google trabalha para permitir conversas mais naturais e dispensar a necessidade de dizer “OK, Google” para ativar o assistente. Para isso, a empresa liberou o recurso “look and talk” (olhe e fale, em tradução livre) nas versões em inglês do Nest Hub Max e do Android – ele chegará ao iOS em inglês este mês.

 

Com ele, o serviço consegue entrar em ação quando os usuários olham para a câmera do dispositivo. O Google não indicou quando o recurso será disponibilizado para outros países.

 

O “OK, Google” também poderá ser dispensado para comandos de voz comuns, como os de definir um alarme ou de perguntar sobre a previsão do tempo. O celular Pixel 6 e o Nest Hub Max podem identificar as frases e realizar as ações automaticamente.

 

A empresa também afirmou que, no início de 2023, o Google Assistente vai entender melhor quando usuários fazem pausas ou corrigem algo dito em um comando de voz.

Print Friendly, PDF & Email

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

MENU