Encontro discute criação de protocolo de segurança para retorno às aulas


Uma comissão formada por empresários da área da educação e pelo Sindicato de Escolas Particulares do Norte e Noroeste Fluminense (Sinepe) foi recebida, nesta quarta-feira (20), pelo subsecretário adjunto de Atenção Básica e Vigilância Sanitária, Charbell Kury, a fim de desenvolver um protocolo de retorno seguro das aulas presenciais.

 

Também participou da reunião, por vídeo conferência, o secretário de Educação, Ciência e Tecnologia, Marcelo Feres. Na ocasião, ficou estabelecido que a comissão vai participar de reuniões do Gabinete de Crise da Covid-19 para que, em conjunto com outros representantes da sociedade civil organizada, estudem medidas eficazes para promoção da retomada das atividades escolares. Ainda estavam presentes neste encontro os vereadores Juninho Virgílio e Maicon Cruz. 

 

 

Para o retorno às aulas presenciais, ainda sem data prevista, será criado um protocolo de segurança e vigilância sentinela, onde os alunos vão ser observados diariamente e um relatório será enviado online para o Gabinete de Crise.

 

 

Proprietário de escola, Fabiano Rangel disse que esta reunião é histórica. “Durante todo o ano passado, pedimos, através de ofícios várias reuniões com representantes do poder municipal e nunca fomos atendidos. É a primeira vez que isso acontece de forma tão clara e com uma abertura tão grande. Essa reunião de hoje é histórica.

 

Com o apoio da Saúde e da Educação, tenho certeza que vamos avançar e assim que possível, voltarmos às aulas presenciais com toda segurança. Assim como o secretário de Educação se colocou a nossa disposição para o diálogo, também estamos nos colocando à disposição do município”.

 

 

Para a presidente do Sinepe, Rosana Juncá, o encontro foi esclarecedor e trouxe muita esperança para a retomada das atividades assim que houver evolução de nível do plano de retomada traçado pelo município. “Dr. Charbell explicou a dificuldade e os riscos do atual cenário e se mostrou sensível à situação que as crianças e suas famílias vêm passando nos últimos tempos”, relata Juncá.

 

O secretário de Educação, Marcelo Feres, relatou que todo o sistema de ensino está sendo revisto, a fim de dar mais igualdade, apesar das questões de infraestrutura. “Queremos resgatar a auto-estima da Educação da nossa cidade. Já tivemos uma reunião com os diretores das escolas municipais e a vontade desses profissionais em oferecer o melhor é nítido. Me coloco a disposição da rede particular, a fim de mantermos uma agenda de reuniões para o diálogo e o trabalho em parceria”, ressaltou o secretário.

 

 

A próxima reunião entre os representantes de escolas e o Gabinete de Crise da Covid-19 está marcada para a segunda-feira (25) às 9h, na sede da Prefeitura.

Print Friendly, PDF & Email

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

MENU