São Francisco de Itabapoana comemorou 26 anos de emancipação política-administrativa nesta segunda-feira (18)


Com a presença do vice prefeito Raliston Souza, o presidente da Câmara Municipal, vereador Cocoia, secretários, vereadores, autoridades e um número bastante reduzido de fiéis devido a pandemia do corona vírus, a missa solene de Ação de Graças foi celebrada pelo bispo Diocesano de Campos dos Goytacazes, Dom Roberto Ferreria Paz e concelebrada pelo Padre Lucas Mendes, na igreja Matriz São Francisco de Paula às 10h. Na oportunidade, tomou posse como Administrador Paroquial, o padre Luciano Gomes.

“A região de São Francisco de Itabapoana só foi definitivamente ocupada a partir da chegada de bandeirantes que propiciaram a aglomeração de pessoas e edificaram uma capela dedicada a São João Batista da Barra. Após esse período, o núcleo urbano da localidade foi elevado à condição de freguesia em 1644, o que permitiu maior desenvolvimento para a lavoura canavieira.

 

 

Os mesmos estudos atestam que apenas durante década de 1670 a freguesia conseguiu sua autonomia, passando a chamar-se São João da Praia do Paraíba do Sul, sendo anexado à Capitania do Espírito Santo em 1753. Essa situação só foi modificada em 1832, quando retornou à Província Fluminense.

 

 

Com a Proclamação da República, em 1889, seu território passou a pertencer ao município de São João da Barra, sob denominação de Sertão São Joanense. (TCE-RJ, 2003; 2006) Somente no ano de 1995, São Francisco de Itabapoana adquiriu sua autonomia político-administrativa, em face da edição da Lei nº. 2.379, de 18 de janeiro, desmembrando-se do município de São João da Barra, configurando-se no segundo maior município do Estado do Rio de Janeiro em extensão territorial.”
Confira nas fotos abaixo:

 

Print Friendly, PDF & Email

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

MENU