Rio recebe 10 mil testes de Covid e pretende começar exames nesta segunda-feira


A Prefeitura do Rio recebeu, neste domingo (10), um lote com 10 mil testes para Covid-19 doados por um grupo de empresários. De acordo com a gestão municipal, o material vai ajudar a dar início à ampliação da testagem na cidade, que deve começar nesta segunda-feira (11).

 

A meta da prefeitura é examinar 450 mil pessoas com suspeita de infecção já esta semana.

 

 

Não só na capital, mas em todo o estado, a pandemia de Covid tem avançado. Em todo o RJ, nas últimas 24 horas foram confirmadas 224 mortes de Covid e 5.591 casos da doença.

 

 

Os testes rápidos recebidos neste domingo pelo município foram doados pela União Rio – grupo de empresários cariocas – e de acordo com a prefeitura serão aplicados nos Centros Municipais de Saúde e nas Clínicas da Família.

 

 

A Secretaria Municipal de Saúde tem como estratégia testar pacientes que estejam entre o primeiro e o sétimo dia dos sintomas.

 

 

A entrega do lote, marcada para as 11h, será na Central de Logística da secretaria, em Jacarepaguá, na Zona Oeste.

 

 

Resultado em 15 minutos

A prefeitura informou que uma das particularidades desse teste entregue neste domingo é a possibilidade de um resultado ágil, em cerca de 15 minutos.

 

 

Os exames consistem em testes de antígeno que, segundo o secretário de Saúde do Rio, Daniel Soranz, ajudam a ‘interromper cadeia de transmissão’ do vírus. Caso o teste dê positivo, Soranz disse que uma equipe da pasta vai rastrear os contatos do paciente para impedir a disseminação do vírus.

 

“Todo mundo na Cidade do Rio de Janeiro vai poder usar um aplicativo, se autonotificar, falar que está com sintomas, que tem febre, perda do olfato, tosse, ou algum outro sintoma sugestivo e a equipe da Secretaria Municipal de Saúde vai entrar em contato, vai ligar, avaliar se essa pessoa de fato precisa fazer um teste”, afirmou o secretário.

 

Vacinação e insumos

Soranz afirmou, em entrevista à GloboNews, que a vacinação no Rio deva começar no próximo dia 25.

 

Segundo ele, os insumos que o município tem em estoque são suficientes para iniciar o processo de imunização.

 

Soranz acrescentou que parte do material recebido pelo Rio, como seringas e agulhas, foi repassado à prefeitura pela Secretaria de Estado de Saúde.

 

Print Friendly, PDF & Email

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

MENU