Bares e restaurantes voltam a funcionar em São João da Barra, no RJ


Começaram a valer nesta segunda-feira (22), novas medidas de flexibilização do comércio em São João da Barra, no Norte Fluminense.

São duas alterações em relação ao decreto anterior, do dia 8 de junho. A primeira delas é a autorização para consumo no interior de estabelecimentos de alimentação, com regras definidas em portaria específica, e a segunda é o acesso ao município de representantes comerciais, advogados e contadores.

 

O novo decreto diz que prestadores de serviços do ramo de alimentos como bares, restaurantes, lanchonetes, sorveterias, açaiterias, padarias, bolarias e congêneres, podem permanecer abertos com atendimento ao público e acesso e uso interno do ambiente.

 

Até então, só era permitido o funcionamento por delivery e retirada no local.

Entre as regras contidas na portaria da Vigilância Sanitária estão a proibição de self-service, limite de funcionamento com acesso ao estabelecimento até 17h e lotação máxima de 30%, com medidas de distanciamento.

 

Também deve ser feita higienização adequada de pratos, copos, talheres e demais utensílios e limpeza e desinfecção do ambiente.

 

A Prefeitura orienta que sejam evitados cardápios impressos e também comandas de papel e que seja promovido e incentivado o agendamento prévio para reservas de lugares.

 

As máscaras são de uso obrigatório e só devem ser retiradas no momento da refeição.

 

Outra medida do decreto é a autorização para acesso nas barreiras sanitárias de profissionais como representantes comerciais, advogados, contadores e demais profissionais no exercício da função, mediante comprovação.

 

As medidas do novo decreto têm validade até o dia 28.

São João da Barra tem 212 casos confirmados de Covid-19. Desse total, 150 pessoas já se recuperaram e oito óbitos foram registrados, segundo o Prefeitura.

 

O hospital de campanha do município, criado para tratar pacientes com o novo coronavírus, tem 10 leitos. Destes, até a manhã desta segunda-feira (22), 4 estavam ocupados (40%).a

Print Friendly, PDF & Email

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.