Prefeitura do Rio aplica 434 multas em 15 dias de fiscalização de normas de enfrentamento da Covid-19


A Guarda Municipal do Rio (GM-Rio) aplicou 434 multas por infrações sanitárias nos primeiros 15 dias de atuação dos agentes da nova frente voltada ao combate à pandemia da Covid-19, em apoio à Subsecretaria de Vigilância Sanitária e Controle de Zoonoses (Subvisa).

Desde 5 de junho, agentes da GM-Rio passaram a notificar irregularidades sanitárias, como a falta do uso da máscara facial.

 

Do total de infrações, 202 (46%) foram aplicadas por falta do uso de máscaras (sendo 142 em via pública e 60 dentro de estabelecimentos comerciais); 97 (22%) em estabelecimentos e atividades não autorizados a funcionar; 74 (17%) em estabelecimentos e atividades essenciais fora das condições pré-determinadas; 52 infrações por aglomeração em estabelecimentos incluindo filas e nove casos de aglomerações em via pública.

 

O valor da multa é R$ 107.

“O objetivo é ampliar o raio de atuação da prefeitura permitindo maior capilaridade na fiscalização por meio dos agentes da GM-Rio, que estão diariamente patrulhando as ruas da cidade”, disse o secretário municipal de Ordem Pública e gestor do Gabinete de Crise, Gutemberg Fonseca.

 

O decreto 47.439, assinado no dia 21 de maio, deu poder ao guarda para notificar os estabelecimentos durante a fiscalização, podendo constatar e registrar a infração, agilizando o serviço para os fiscais da Vigilância Sanitária.

 

“As medidas de higienização e restrições a aglomerações continuam valendo neste momento. Esperamos que todos colaborem e cumpram as regras do município para evitar a disseminação do coronavírus”, afirmou o comandante da Guarda Municipal, inspetor-geral José Ricardo Soares.

 

A aglomeração, o funcionamento de estabelecimentos não essenciais e o não uso de máscara por consumidores e funcionários em comércios, como farmácias e supermercados, estão entre as medidas fiscalizadas pela GM-Rio.

Esquema de fiscalização
Foi montado um esquema especial de ordenamento urbano e de fiscalização de infrações sanitárias em áreas comerciais reabertas na última quinta-feira (18), após 36 dias de bloqueios parciais, como parte da Fase 2 da flexibilização nas zonas Norte e Oeste.

 

Ao todo, 127 guardas participam da operação desde sexta-feira (19), sendo que 107 atuam com apoio de 10 veículos nos bairros da Tijuca, Méier, Madureira, Cascadura, Taquara, Freguesia e Santa Cruz.

 

Os outros 20 agentes fazem o controle e a fiscalização de trânsito nas áreas que foram desbloqueadas seguindo o plano de retomada da cidade.

Print Friendly, PDF & Email

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

MENU