Coronavírus em Campos: primeira morte é registrada e 14 casos são confirmados


O caminhoneiro Hudisson Pinto dos Santos, de 39 anos, morador do bairro da Penha, morreu na tarde deste sábado (11), na UTI do Hospital Beneficência Portuguesa, onde funciona o Centro de Controle e Combate ao Coronavírus (CCC), em Campos. Segundo a Secretaria de Saúde, ele retornou de uma viagem a São Paulo no último dia 1º.

Antes, ele também esteve em Fortaleza. Inicialmente, seu estado foi considerado moderado, evoluindo rapidamente para grave. Através de teste, foi constatado de que ele havia sido infectado pelo coronavírus.

A família dele está sendo monitorada pela Vigilância em Saúde e segue em isolamento domiciliar. Segundo fontes, ele não tinha maiores problemas de saúde.

 

Hudisson foi atendido inicialmente no Hospital do São José, no sábado (04). Depois de vários dias entubado, não resistiu e chegou a óbito nesta tarde.

14 CASOS – Até o momento, em Campos, são 14 casos confirmados, um óbito, e 21 casos suspeitos, que aguardam resultado do exame pelo Laboratório Central Noel Nutels – Lacen/RJ. Outros 31 foram descartados.

 

O 14º caso confirmado é de uma profissional da área de saúde que atua na Região dos Lagos, mas mora em Campos.

Print Friendly, PDF & Email

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

MENU