Sema e Polícia Militar resgatam animal que estava em local insalubre


Através de uma denúncia recebida por meio do Canal Verde (22-981616713), equipes da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Defesa Civil (Sema) de São Francisco de Itabapoana (SFI) resgataram um filhote de cachorro encontrado em condições precárias. O animal também estava aprisionado com cadeado em um espaço de poucos centímetros na calçada de uma casa, que fica nas proximidades do Hotel Mineirão, na localidade de Santa Clara.

Segundo o analista ambiental, Douglas Ferreira, o animal parecia assustado e estava com parasitas pelo corpo. “Além disso, foi encontrado sem alimento e água e em um ambiente totalmente insalubre, com fezes, urina, sem iluminação e ventilação, o que é considerado crime de maus tratos”, comento.

Devido ao cachorro estar nessas condições, a Sema contou com a autorização do Ministério Público e com a participação da Polícia Militar e equipes da Fiscalização e Correição de Animais. No momento do resgate do animal, ninguém foi encontrado no local.

A lei nº 9.605/98, de Crimes Ambientais, em seu artigo 32, condena qualquer pessoa que pratique ato de abuso, maus-tratos, fira ou mutile animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos. A pena é detenção, de três meses a um ano, e multa.

Para a secretária municipal de Meio Ambiente e Defesa Civil, Luciana Soffiati, a ação foi um sucesso devido a integração das equipes. “Quero parabenizar e agradecer o empenho dos envolvidos nessa iniciativa que não mediram esforços para resgatar o animal. Só alcançamos nosso objetivo porque todos estavam integrados com um objetivo em comum”, confirmou a secretária que ainda fez uma solicitação.

“O animal está recebendo o tratamento necessário na Sema, mas estamos disponibilizando-o para doação. Quem desejar, favor entrar em contato conosco através do Canal Verde ou pessoalmente na sede da secretaria, que fica nas dependências da Rodoviária Municipal, em frente a prefeitura”, orientou.

Ascom SFI

Print Friendly, PDF & Email

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

MENU