Médicos iniciam greve e realizam ato em Campos, no RJ


Profissionais realizaram um ato com cartazes e faixas em busca de melhorias para categoria em frente ao Hospital Geral de Guarus (HGG).
Os médicos da rede municipal de Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense, iniciaram uma greve na manhã desta terça-feira (18).

Os profissionais realizaram um ato com cartazes e faixas em busca de melhorias para categoria em frente ao Hospital Geral de Guarus (HGG).

O sindicato da categoria alega que houve descumprimento do acordo da última greve, em agosto do ano passado.

De acordo com os médicos, está sendo pago um terço das férias apenas para quem tem férias acumuladas e as gratificações e substituições não foram pagas em sua totalidade.

Além disso, a classe alega que não houve melhoria nas condições de trabalho, como climatização de algumas unidades de saúde.

Segundo a secretaria, nesta segunda-feira (17), em reunião entre o Ministério Público, representantes da Prefeitura e o Sindicato dos Médicos, ficou determinado o funcionamento obrigatório de 30% dos demais serviços da saúde, além do atendimento de urgência e emergência em caso de greve.

O órgão divulgou também que caso seja necessário, medidas serão tomadas para que consultas em toda rede municipal sejam remarcadas posteriormente. A SMS ressaltou que a população não ficará desassistida.

Print Friendly, PDF & Email

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

MENU