Secretários participam de reunião para implantar delegacia da Jucerja em SFI


Secretários municipais de São Francisco de Itabapoana (SFI) participaram nesta quinta-feira (12), na sede da prefeitura, de um encontro com o presidente da Junta Comercial do Estado do Rio de Janeiro (Jucerja), Luiz Velloso, para tratar da implantação de uma delegacia do órgão, através de convênio.

De acordo com o secretário municipal de Fazenda, Fredy Beshara, responsável por formalizar a proposta, a presença da Jucerja em SFI facilitaria, por exemplo, a abertura de empresas, significando grande avanço para a economia são franciscana, que já é afetada pela movimentação portuária.

“Em alguns casos, quando as empresas lidam com atividades de baixo risco, o alvará é emitido pela internet automaticamente. Já a abertura de um negócio leva, no máximo, três dias, através do Sistema Integrado de Cadastro (Regin)”, explicou. O Regin centraliza dados de órgãos, como o Executivo municipal, a Receita Federal e o Corpo de Bombeiros.

Atualmente, segundo Beshara, o empresário de SFI para ter acesso a esses serviços precisa se deslocar à cidade de Campos dos Goytacazes, que só no ano passado passou a contar com a delegacia da instituição.

Velloso ressaltou os benefícios para a economia são franciscana a partir da inauguração da Delegacia da Jucerja. “Estamos aqui a convite do secretário de Fazenda. Os serviços da Junta Comercial vão facilitar o empreendedorismo e o desenvolvimento aqui do município. Os moradores de SFI estão de parabéns com mais esta conquista“, destacou o presidente do órgão.

O convênio se dará através de parceria entre prefeitura, fornecedora do imóvel e de funcionários, e Jucerja, que disponibiliza todos os equipamentos.

Também participaram da reunião o secretário municipal de Planejamento e Desenvolvimento, Aldo Júnior, o chefe de Gabinete, Jorge Raul, e o assessor da presidência da Jucerja, Delmir da Silva.

Ascom SFI

https://static.addtoany.com/menu/page.js

Print Friendly, PDF & Email

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.