Operação em Campos mira suspeitos de pedofilia por meio do WhatsApp


A Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima (Dcav), da Polícia Civil do Rio, realiza, nesta quarta-feira, a Operação Imperium. A ação mira homens e mulheres suspeitos de compartilhar, pelo WhatsApp, fotos e vídeos contendo pornografia infanto-juvenil. Os agentes visam a cumprir 13 mandados de busca e apreensão. A quadrilha tem ramificações em vários pontos do Brasil e também o exterior, informou o delegado Adilson Palácio, titular da Dcav.

Os 13 alvos de mandados de busca e apreensão estão nos seguintes locais: Itaguaí (Baixada Fluminense), Jacarepaguá (Zona Oeste da capital), Campo Grande (Zona Oeste da capital), Andaraí (Zona Norte da capital), Cidade Alta (Zona Norte da capital), Miracema (Noroeste Fluminense), Campos dos Goytacazes (Norte Fluminense ), Araruama (Região dos Lagos), Silva Jardim (Baixada Litorânea), Barra Mansa (Sul Fluminense), Nova Iguaçu (Baixada Fluminense) e São Gonçalo (Região Metropolitana).

Participam da operação equipes dos departamentos Geral de Polícia Especializada (DGPE), Geral de Polícia da Baixaga (DGPB) , Geral de Polícia do Interior (DGPI) e da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core).

Os presos serão levados para a Cidade da Polícia. Até as 7h20 não havia informações sobre prisões.

Fonte: Extra

Print Friendly, PDF & Email

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

MENU