Witzel com aprovação de 53,9%,


O Instituto Paraná divulgou a primeira pesquisa com a avaliação do governador Wilson Witzel (PSC). O ex-juiz federal possui 53,9% de aprovação dos entrevistados, enquanto 38,9% desaprovam o governo e outros 7,2% não sabem ou não opinaram. O levantamento foi realizado entre os dias 13 e 17 de abril com 1.854 eleitores em 45 municípios.

Com três meses e meio no Palácio Guanabara, Witzel tem maior popularidade entre os eleitores masculinos do que com os femininos. Entre os homens, a aprovação do governador chega a 62,9% contra 31,3% de desaprovação, enquanto 5,7% não sabem ou não opinaram. Já entre as mulheres, existe um empate técnico: 46,1% delas aprovam Witzel, 45,5% desaprovam e 8,4% não sabem ou não opinaram. A margem de erro é de 2,5%, para mais ou para menos.

Desconhecido do grande público, o ex-juiz federal Wilson José Witzel, natural de Jundiaí, no interior de São Paulo, surfou na onda conservadora que levou Jair Bolsonaro (PSL) à presidência da República. Com o apoio do senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL), Witzel surpreendeu na reta final do primeiro turno e atropelou os demais candidatos, conquistando 3,1 milhões de votos (41,3%).

No segundo turno, Wilson Witzel ampliou ainda mais a vantagem no confronto direto com o ex-prefeito carioca Eduardo Paes (DEM), que liderou todas as pesquisas de intenção de votos no primeiro turno. O ex-magistrado recebeu 4,7 milhões de votos (59,9%) e foi eleito governador.

Com um discurso duro pela segurança pública, o governador causou polêmica ao dizer que bandidos com fuzil seriam abatidos pela polícia. No entanto, apesar de contar com apenas três deputados do PSC na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), Witzel tem se destacado pelas conversas em torno da governabilidade.

Eleito pelo PRP, o deputado estadual Bruno Dauaire anunciou na semana passada a migração para o PSC, onde será o líder do partido na Alerj.

— O Witzel pegou uma herança maldita deixada pelo ex-governador Luiz Fernando Pezão. Logo no início, ele anunciou que o déficit do Estado deve ser de R$ 8 bilhões em 2019. Mesmo assim, com uma equipe competente de técnicos nas secretarias, o Witzel tem feito um governo sem dar as costas ao interior e que merece a confiança da população — declarou o parlamentar.

Presidente do PSC em Campos, pastor Marcos Elias acredita em uma melhora do índice. “Tudo é muito difícil em um início de trabalho, mas o Witzel tem tudo para melhorar. Ele está no caminho certo e não tenho dúvida que a aprovação vai aumentar ainda mais com o passar do tempo”, declarou.

https://static.addtoany.com/menu/page.js

Print Friendly, PDF & Email

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.