Presidente da Câmara do Rio, Jorge Felippe rejeita pedido de impeachment de Crivella


O presidente da Câmara de Vereadores do Rio, vereador Jorge Felippe (MDB), recusou pedido de impeachment do prefeito Marcelo Crivella apresentado na quinta-feira (28) por um advogado. O parlamentar afirmou que a denúncia não constitui, em tese, crime de responsabilidade.

“Não cabe a este Poder Legislativo, em julgamento de pedido de impeachment, de natureza essencialmente política, afastar o prefeito eleito democraticamente, sem que se apresente um fato de especial gravidade para tanto”, escreveu Jorge Felippe.

A decisão do presidente da Câmara, tomada de forma monocrática, será publicada no Diário Oficial da Casa na segunda-feira (1º).

No pedido, o advogado Pablo Filipe de Andrade citava supostas irregularidades envolvendo a compra pelo Município de um terreno da Caixa Econômica federal, em Rio das Pedras, na Zona Oeste. O texto acusava a gestão municipal de praticar uma “pedalada fiscal”.

Pela manhã nesta sexta-feira (29), Crivella disse que o pedido de impeachment contra ele ocorreu porque a prefeitura “contraria interesses econômicos”. O prefeito, porém, não especificou quais seriam esses “interesses”.

“Precisamos superar essa agenda negativa. Faço esse apelo à nossa Câmara de Vereadores, que não se deixem contaminar por esses lobbies”, disse o prefeito.

Crivella também minimizou a protocolação de impeachment e ressaltou que a Câmara tem outros projetos importantes a votar.

“É extremamente natural [o pedido de impeachment]. Tem 50 desses contra o [presidente Jair] Bolsonaro em Brasília”, destacou o prefeito.

https://static.addtoany.com/menu/page.js

Print Friendly, PDF & Email

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.