Brumadinho: lama perde velocidade, aponta Serviço Geológico; rejeitos estão a 85 km de onde barragem se rompeu



A lama de rejeitos da Vale perdeu velocidade e, em razão disso, não há mais previsão de quando chegará à Usina Hidrelétrica de Retiro Baixo, segundo boletim do Serviço Geológico Brasileiro divulgado às 18h30 de terça-feira (29).


O boletim anterior apontava que a lama chegaria entre o dia 5 e 10 de fevereiro a Retiro Baixo, na cidade de Pompéu (MG).

A lama é resultado do rompimento de uma barragem da Vale em Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte, ocorrido na última sexta-feira (25). Os rejeitos atingiram o rio Paraopeba; agora, estão a 85 km do ponto de ruptura da barragem.

A velocidade da lama, que chegou a mais de 1 km/h nos primeiros dias após a tragédia, estava, nesta terça, entre 0,25 metros por segundo e 0,35 metros por segundo, ainda de acordo com o novo boletim. A turbidez está em níveis baixos, apontou o mesmo relatório.

https://static.addtoany.com/menu/page.js

Print Friendly, PDF & Email

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.