Gaúcho, que vai pedalar um ano por vários países, é recepcionado em SFI


Marciano Dornelles, mais conhecido por Gaúcho Peregrino, de 36 anos, que está percorrendo o Brasil e países sul-americanos de bicicleta, passou nesta terça-feira (8) por São Francisco de Itabapoana (SFI). Há três meses pedalando, quando saiu da cidade de Canoas, no Estado de Rio Grande do Sul, ele recebeu as boas-vindas da prefeita Francimara Barbosa Lemos.

“Estamos recepcionando e desejando boa sorte ao Peregrino, que demonstra força de vontade e determinação para percorrer de bicicleta várias cidades brasileiras e até de outros países. É um grande exemplo para muita gente”, ressaltou a prefeita Francimara.

O atleta agradeceu a receptividade, elogiou a cidade e revelou que começou a maratona de pedalar em 2011, repetindo o feito em 2013, estando agora em seu terceiro desafio, afirmando que leva uma mensagem de fé às pessoas.

“Nossa Senhora Aparecida mudou a minha vida e a vida da minha amiga, que tinha um câncer maligno, que agora virou benigno. Quando a gente tem fé consegue alcançar uma graça. Já pedalei 2.700 quilômetros nestes últimos 90 dias. Estou a caminho do quinto estado brasileiro, que é o Espírito Santo”.

Para custear as viagens, Peregrino disse que a Organização das Nações Unidas (ONU) paga parte das despesas através de depósito em uma conta corrente, além de uma parceria com o “Criança Esperança”, empresários e da solidariedade das pessoas nas cidades por onde passa.

“Eu basicamente pedalo de 100 a 120 quilômetros preferencialmente pelo litoral, das 6h às 18h, e não é fácil carregar 35 quilos de equipamentos num sol de quase 40 graus durante alguns trajetos. Bebo em média 10 litros de água diariamente para me reidratar e as ajudas que recebo são importantes para alcançar o meu objetivo”, destacou.

Peregrino acrescenta que vai pedalar durante um ano, totalizando aproximadamente 15 mil quilômetros, passando por oito países antes de concluir esta terceira maratona sobre duas rodas.

“Passarei pela Venezuela, Colômbia, Equador, Peru, Chile, Bolívia, Paraguai e Argentina. Depois eu retornarei num avião do Exército Brasileiro para a minha cidade com a certeza do dever cumprido”, finalizou o atleta gaúcho.

Ascom SFI

https://static.addtoany.com/menu/page.js

Print Friendly, PDF & Email

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.