O Município de São Francisco esteve representado no Mercado da Agricultura Familiar no Rio de Janeiro


A Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead) promoveu, entre os dias 21 e 22 de dezembro, no Mercado de Produtores do Uptown Barra, Zona Oeste do Rio de Janeiro, o projeto Mercado da Agricultura Familiar, onde o público pode conhecer, provar e comprar alimentos e bebidas produzidas por 30 empreendimentos da agricultura familiar fluminense e de outros estados.

Deputado Federal Áureo Ribeiro, Cassius Rodrigo de Almeida Silva, 
Chefe da Divisão de Desenvolvimento do INCRA/RJ, Vanessa 
Ribeiro e Danielle Barros Delegada do SEAD/RJ
O Mercado da Agricultura Familiar é um evento realizado pela Sead em parceria com a Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio), o Centro Integrado de Desenvolvimento e Inovação Rural (Cedir) e o Instituto Brasil Social, e tem o objetivo de divulgar a agricultura familiar e estimular a geração de renda para os trabalhadores rurais por meio da venda direta dos produtos ao público e do fechamento de parcerias e negócios futuros.

Selo SIPAF 
Das cervejas e chopes orgânicos ao suco de lata; das comidas veganas ao torresmo; das plantas comestíveis à linguiça de camarão, e da farinha de tapioca aos biscoitos sem açúcar, glúten e lactose, centenas de produtos naturais e sustentáveis apresentarão aos visitantes e consumidores os sabores e aromas do que há de melhor na agricultura familiar brasileira.

O município de São Francisco de Itabapoana foi representado pela agricultora familiar, Vanessa Ribeiro, que levou os produtos de sua agroindústria familiar Tapiocas TUPI. Como Gomas de tapioca e Bijus.Na oportunidade a Sead entregou a Vanessa Ribeiro permissão de uso do Selo de Identificação da Participação da Agricultura Familiar (Sipaf). 

 O Sipaf é um símbolo que assegura ao consumidor que o produto é originário da agricultura familiar. Uma ferramenta que valoriza a identidade do trabalhador rural; agrega valor aos alimentos e outros itens produzidos, gerando mais renda para ele e sua família. “O produto que carrega a marca do Sipaf ajuda a difundir um conceito de identidade da agricultura familiar. 
 

                                                                        

Ele representa as técnicas, saberes e tradições do agricultor familiar, valorizando sua profissão e ajudando a dar conhecimento à sociedade sobre a importância desse trabalhador rural para a segurança alimentar e nutricional das famílias brasileiras.”, conforme destacou a Delegacia Federal do Desenvolvimento Agrário no Rio de Janeiro (DFDA-RJ), Danielle Barros.


O uso do SIPAF é de caráter voluntário e representa um sinal identificador de produtos, cujo objetivo é fortalecer a identidade social da agricultura familiar perante os consumidores, informar e divulgar a presença significativa da agricultura familiar nos produtos.
A agricultora familiar de São franciscana, Vanessa Ribeiro da Tapiocas TUPI, ficou muito feliz em participar da do evento e de ter obtido o SELO de PARTICIPAÇÂO da AGRICULTURA FAMILIAR, ela diz que com o Sipaf seus produtos vão ficar mais valorizados do mercado. O carro-chefe da sua produção é a tapioca e em breve estará produzindo também a Goma de Tapioca.
Vanessa ressalta que “Com o selo, vamos tentar vender diretamente para os consumidores. Assim tanto vamos ter mais renda, quanto nossos alimentos vão ficar com preço melhor no final”. Ela ainda aproveitou para agradecer a SEAD, na pessoa da Delegada Danielle Barros, além do Departamento de Vigilância Sanitária, a Secretaria de Agricultura de São Francisco e os Programas Programa Rio Rural e Prosperar da EMATER-RIO.

https://static.addtoany.com/menu/page.js

Print Friendly, PDF & Email

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.