Vereador de Miracema preso por suspeita de participação em assaltos


O vereador de Miracema G. R. C. (MDB) foi preso, na manhã desta quarta-feira (31), em operação conjunta da Polícia Civil (PC) com o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ). De acordo com a PC, ele é suspeito de ter envolvimento em casos de assalto ocorridos na cidade e, contra ele, havia um mandado de prisão pendente por roubo qualificado por uso de arma de fogo.

Nesta quarta, policiais cumpriram mandado de prisão temporária e de busca e apreensão contra o vereador. Segundo o MPRJ, no carro dele foram encontradas, sob fundo falso, 96 munições de 9mm e 95 munições de calibre 38, todas sem autorização legal ou regulamentar.
A polícia informou que as investigações tiveram início em dezembro do ano passado após um empresário do ramo de medicamentos denunciar o roubo de R$ 77mil. Segundo a vítima, o crime ocorreu após ele deixar o banco depois de ter sacado a quantia para pagar os funcionários da sua empresa.
O vereador foi levado para a 137ª Delegacia de Polícia (Miracema) e permaneceu preso também por porte ilegal de munição de arma de fogo de calibre restrito e permitido.
A defesa do vereador informou que vai buscar as informações sobre o processo e que ele está tranquilo. Já sobre as munições, a defesa disse que G. R. C. faz parte de um clube de tiro. (A.N.) (A.S.)

https://static.addtoany.com/menu/page.js

Print Friendly, PDF & Email

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.