Pezão visita obras da Ponte da Integração, entre SJB e SFI


O governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão (MDB), visita nesta terça-feira, a partir das 11h, as obras da ponte da Integração, que vai ligar os municípios de São João da Barra e São Francisco de Itabapoana. Esta é a primeira vez que Pezão vai ao local desde o reinício das obras no dia 8 de junho. Na ocasião, o governador ressaltou que acompanharia o andamento da construção de 20 em 20 dias e prometeu entregá-la até o final do ano, quando encerra o seu mandato.

Atualmente, 40 homens atuam no canteiro da obra que está em fase avançada. Na última visita da Folha ao local, em agosto, cerca de 70% da construção estava concluída, segundo o diretor-engenheiro do Departamento de Estradas e Rodagens (DER-RJ), Ivan do Amaral. “Aguardamos a visita nesta terça-feira do governador para que ele possa conferir de perto o avanço da obra. Estamos lutando para entregá-la no prazo, apesar dos imprevistos. O trabalho segue intenso para conclusão”, ressaltou Ivan do Amaral.
Em junho, no ato que marcou o retorno dos trabalhos, Pezão afirmou que a entrega da ponte é uma das prioridades do governo e prometeu a finalização antes mesmo de dezembro. “Eu estou com uma perspectiva otimista, quero entregar antes de dezembro. Nós reservamos recursos para isso, foi uma luta muito grande pra adesão a recuperação fiscal, onde diversas pessoas trabalharam e me ajudaram. Isso aqui não caiu de graça, foi fruto de muito esforço”, ressaltou na época.
As obras foram retomadas após reuniões envolvendo o Pezão e as prefeitas de São João da Barra, Carla Machado (PP) e de São Francisco de Itabapoana, Francimara Barbosa Lemos (PSB). A construção da ponte foi iniciada em junho de 2014 e está orçada em R$ 105,7 milhões. A ponte terá 1.344 metros de comprimento e 16,2 metros de largura. São 35 pilares, sendo 17 no trecho do rio Paraíba do Sul, 14 em São João da Barra e quatro em São Francisco.
A ponte encurtará em 80 quilômetros a distância entre a sede dos dois municípios. Sem a ponte, maneira mais rápida para o deslocamento entre essas duas cidades é a viagem de barco, pelo rio Paraíba do Sul, que dura em média 40 minutos. Pelo lado de São João da Barra, a estrutura está compreendida entre a intersecção com a BR 356, próximo ao trevo do Açu, em São João da Barra, e a RJ 194, na localidade de Campo Novo, em São Francisco de Itabapoana.
João Menezes é comerciante e morador de São João da Barra. Ele espera por muito tempo pela construção da ponte e já não acreditava mais na finalização da obra. “Para mim e pra muita gente, ia virar lenda. Espero que fique pronta logo, a população não aguenta mais esperar por esta ponte. Eu até pensei que não estaria vivo para vê-la pronta. São anos e anos de enganação. Espero que agora terminem e finalmente, ela saia do papel”, desabafou.

https://static.addtoany.com/menu/page.js

Print Friendly, PDF & Email

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.