Sebrae/RJ realiza na próxima terça-feira seminário de apresentação das novas oportunidades de negócios no setor de Óleo e Gás


  Empresas que atuam na cadeia produtiva do petróleo e gás passaram por momentos desafiadores devido à crise que afetou o segmento, em um cenário de muitas transformações, tanto no Brasil quanto no mundo.

   O mercado já dá sinais do reaquecimento do setor mas, qual é a perspectiva num futuro próximo para o segmento? De que maneira as mudanças neste cenário impactam as empresas da cadeia produtiva de óleo e gás da região? Como o pré-sal pode contribuir para a continuidade da produção na Bacia de Campos? E como os pequenos empresários podem aproveitar as oportunidades fazer negócios neste novo cenário?

  Para responder a estas e outras perguntas, o Sebrae/RJ realiza na próxima terça-feira, 21 de agosto, em Campos, um seminário gratuito sobre o tema: Cenários e Perspectivas do setor de Óleo e Gás. O palestrante é o Coordenador de Petróleo e Gás do Sebrae/RJ, Antônio Batista, que vai analisar o momento atual, apresentar as perspectivas futuras do setor e mostrar como os empresários devem se preparar para atender as novas demandas do mercado. O seminário acontece na Firjan, às 18h. As inscrições são gratuitas, com vagas limitadas.Fonte:G1

Para Gilberto Soares, coordenador regional do Sebrae/RJ no Norte Fluminense, os empresários da região devem ficar atentos ao que está acontecendo no mercado de exploração e produção de petróleo na Bacia de Campos. “Nosso objetivo é fornecer informações que auxiliem os empresários na melhor tomada de decisão, para que ela possa ajustar a gestão do seu negócio às demandas do mercado. Conhecer as novas diretrizes deste cenário é essencial para identificar as oportunidades e se preparar para gerar negócios”, afirma Soares.
Mais informações na sede regional do Sebrae/RJ, na Av. Alberto Torres, 67, Centro; ou pelo telefone (22) 2723-2429. O seminário tem apoio do Sistema Firjan.

https://static.addtoany.com/menu/page.js

Print Friendly, PDF & Email

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.