Plano Municipal de Segurança é apresentado


O prefeito Rafael Diniz participou, no auditório da Prefeitura, nesta quinta-feira (16), da apresentação do Plano Municipal de Segurança Pública, elaborado pela Superintendência de Paz e Defesa Social. Estiveram presentes representantes das forças de segurança das esferas federal e estadual, além de representantes de outros órgãos da administração municipal, de entidades de classe e da sociedade civil.

— Trata-se do resultado de um trabalho sério e meticuloso. Entendemos que não podemos pensar a segurança sem pensar na Saúde, na Educação e outros direitos fundamentais. E sabemos que a questão da violência não pode ser revertida de um dia para o outro. Mas é importante apresentarmos esse plano, com a humildade de quem quer trabalhar em conjunto com as demais forças de segurança, que conhecem muito mais sobre o assunto. Não podemos nos ausentar do processo — afirmou Rafael Diniz.


Após as apresentações das autoridades, o superintendente de Paz e Defesa Social, Darcileu Amaral, mostrou o conteúdo do Plano, que considera três diferentes “eixos” temáticos: o de Ações Preventivas, o de Ações Estratégicas e o de Ações Operacionais. A proposta é colocar em funcionamento um “Gabinete de Gestão Integrada”, para centralizar as ações e dar uma resposta mais rápida aos ilícitos na decorrência de sua dinâmica.

— Nossa proposta é integrar ações de Polícia Militar (PM), Polícia Civil (PC), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Grupamento de Bombeiros Militar (GBM), Guarda Civil Municipal (GCM), Ministério Público e Superintendência de Postura. Com um melhor aparelhamento e constante reciclagem, poderemos aumentar, no decorrer do tempo, a sensação de segurança no nosso município — observou Darcileu.

Entre as medidas a serem adotadas, está o aumento do número de câmeras de monitoramento na cidade de 22 para 90 até o final do ano, através do lançamento do projeto Campos Cidade + Segura, onde, em parceria com a comunidade, poderão ser alcançadas mais de 1000 câmeras de segurança na cidade. As medidas incluem ainda auxílio da GCM à PM no registro de ocorrências, aumento no Policiamento Comunitário, fortalecimento na Ronda Escolar, criação do Fundo de Segurança Pública, com um Conselho Municipal de Segurança, e um Sistema Único de Atendimento, com GPS nos veículos para monitoramento do sistema, entre outras medidas.

— Muitas destas medidas estão sendo adotadas, algumas já estão em funcionamento e iremos, aos poucos, estruturando o sistema. Este é um plano que poderá sofrer correções de acordo com as observações, mas o importante é dar o primeiro passo. Temos que educar a criança hoje para não ser preciso corrigir o jovem amanhã — concluiu Darcileu.

Entre as demais autoridades presentes estavam o comandante da PM/Campos, tenente-coronel Fabiano Santos; o subcomandante do 5º GBM/Campos, major Altamir Barros; o representante da PRF, Weber Boroto; o delegado da 134ª DP/Centro, Geraldo Rangel; o delegado da 146ª Guarus, Luiz Maurício Armond; a promotora de Justiça Maristela Naurath; o coordenador da Defesa Civil Municipal, major Edison Pessanha; o titular do Departamento de Policiamento de Área (DPA) da Polícia Civil, Daniel Bandeira; além de representantes de entidades de classe como ACIC, Carjopa, CDL e Firjan.

Fonte: Comunicação PMCG

       Página inicial     

https://static.addtoany.com/menu/page.js

Print Friendly, PDF & Email

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

MENU