WhatsApp Beta coloca usuários de Android na frente do iPhone


O Whatsapp Beta, a versão de testes do mensageiro, libera recursos em antemão para seus usuários e está disponível apenas para celulares com Android. Criada meses antes do lançamento oficial do aplicativo em 2009, a versão foi usada para testar o Whatsapp antes de ser aberto para todos. Hoje em dia, usuários curiosos podem baixar o beta para receber novos emojis e recursos, antes de todo mundo.

É muito simples se tornar um novo testador das funções do mensageiro mais usado do mundo. Para isso é necessário apenas ter uma conta Google, um smartphone rodando Android e acessar o site oficial do programa.

Confira uma lista de recursos que saíram antes no Whatsapp Beta e colocaram os usuários de Android um passo na frente de todos.


Novos emojis

Os usuários da versão beta foram os primeiros a receber a atualização que padronizava os emojis do Whatsapp com os do iOS, em setembro de 2016. O objetivo era facilitar a comunicação por emojis em conversas entre celulares com sistemas operacionais diferentes. Além disso, os usuários beta também viram primeiro o aumento da diversidade de gêneros nas figurinhas.

A padronização não durou muito tempo, já que em outubro de 2017, o Whatsapp decidiu redesenhar os ícones e lançar seus emojis com design próprio, primeiro para os usuários beta. O mensageiro seguiu os passos do Facebook, que também criou desenhos exclusivos. Logo depois, o Whatsapp lançou, para a versão beta, 60 novos emojis. Com isso, todos os usuários, independente do sistema operacional, podem visualizar as mesmas carinhas.

Envio de GIFs

O Whatsapp Beta também foi usado para testar o envio de GIFs dentro do mensageiro, em outubro de 2016. Os usuários podiam criar e salvar suas próprias fotos animadas dentro da conversa, não era possível, entretanto, escolher um GIF da galeria de fotos. Os usuários que não eram equipados com a versão beta recebiam o conteúdo em formato de vídeo convencional.

Aviso de mensagem encaminhada

O recurso de aviso quando uma mensagem é encaminhada é uma novidade para todos, menos para quem tem a versão beta. A função que avisa quando um material não é de autoria do contato que mandou, foi liberada para os usuários beta em junho de 2018 e apenas um mês depois para todas as versões do Whatsapp.

O aviso também faz parte do novo programa para tentar combater a disseminação de conteúdo falsificado. Em nota, a assessoria do Whatsapp encoraja os usuários a pensarem com cuidado antes de compartilhar mensagens.

Formatação de texto

O recurso que facilita a formatação de texto no Whatsapp foi liberado primeiro para usuários beta em abril de 2017. Com a nova função, é possível fazer formatação de texto em negrito, itálico e tachado usando o menu suspenso do sistema, ao invés de usar os códigos. As outras versões do aplicativo só receberam a novidade dois meses depois.

Mudança de número

A ferramenta que permite avisar aos contatos caso o usuário mude de número também foi liberada primeiro para a versão beta, no final de 2017. Utilizar o recurso é fácil, sendo preciso trocar seu número de celular dentro das configurações do aplicativo, facilitando também a migração de dados e conversas de um celular para outro.

Feito isso, antes de concluir o processo marque o item “Notificar meus contatos” e escolha quem você quer que receba esse aviso. É importante lembrar que grupos serão avisados de qualquer maneira.

Apagar mensagens

O Whatsapp Beta recebeu primeiro para testes o recurso que possibilita o usuário apagar mensagens de suas conversas, em outubro de 2017. A ferramenta permite que a mensagem seja deletada de todos os celulares envolvidos na conversa, e não só no seu, como era antes. Ao apagar algo, o aviso “Esta mensagem foi apagada” aparece.

Vale lembrar que se o contato estiver atento ao Whatsapp antes da mensagem ser apagada, existe a chance dele conseguir ler. Os usuários das demais versões do mensageiro só receberam a atualização uma semana depois.
Fonte: Techtudo.

https://static.addtoany.com/menu/page.js

Print Friendly, PDF & Email

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.