Em seis meses, Campos já tem 144 casos confirmados de chikungunya


O município de Campos já registrou nestes primeiros seis meses do ano, 144 casos de chikungunya, confirmados através de exames específicos. A partir deste número, a situação epidemiológica é de surto, divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde na semana passada.

Além disso, a média diária de atendimento no Centro de Referência de Doenças Imuno-infecciosas (CRDI) é de 250 pessoas com sintomas da doença. Já os registros de casos confirmados de dengue somam 37 neste mesmo período do ano, segundo a secretaria de Saúde, através da Vigilância em Saúde.

De acordo com a prefeitura, ainda não há casos de zika e febre amarela em 2018. Por conta disso, os agentes de endemia do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) prosseguem com os mutirões de combate ao mosquito transmissor, o aedes aegypti.

10 MINUTOS SEM AEDES

O sexto mutirão do CCZ vai acontecer na próxima sexta-feira (15), nos bairros da Penha, Vila Manhães, Bela Vista, Estância da Penha e no Parque Vila do Prado.

Com a Campanha 10 Minutos sem Aedes, a população vem sendo convocada a desenvolver ações em suas residências, como retirar água de chuva acumulada em lajes e calhas; retirar do quintal todo objeto que acumule água, como garrafas, pneus, latas e até tampinhas de refrigerantes, entre outros cuidados.

Nesta terça (12), equipes da Companhia de Desenvolvimento do Município de Campos (Codemca), Vigilância Sanitária e Centro de Controle de Zoonose (CCZ) realizaram uma ação de conscientização com comerciantes do entorno do Mercado Municipal. A proposta foi orientar sobre prevenção ao mosquito aedes aegypti e roedores.
Fonte:Campos24horas

https://static.addtoany.com/menu/page.js

Print Friendly, PDF & Email

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.