Férias coletivas a partir de hoje em subsidiária do Porto do Açu


A Ferroport, subsidiária da Prumo Logística, que administra o Complexo Portuário do Açu, em São João da Barra, informa que dará férias coletivas de 30 dias aos empregados das áreas de operação, manutenção e sustentabilidade. A medida foi tomada em função da suspensão das atividades do mineroduto Anglo American. Segundo a Ferroport, o período de férias será de 24 de abril a 23 de maio.


Por telefone, a assessoria da Prumo Logística informou que financeiramente a Ferroport ainda não sofrerá prejuízos em detrimento do grande estoque de minério de ferro no Terminal 1 do Porto do Açu. O material é exportado para a China. O primeiro embarque de minério de ferro pelo Porto do Açu foi no dia 25 de outubro de 2014. De lá para cá foram embarcados, segundo relatório anual da Prumo em 2017, mais de 37 milhões de toneladas de minério através de 2450 navios.

Em nota, a Anglo American informa que 766 empregados estão cumprindo férias coletivas, o que corresponde a 35% de todos os empregados do Sistema Minas-Rio. De acordo com a mineradora, está mantido, pelo menos, as operações de manutenção, que são essenciais para retomada da produção, prevista para o último trimestre deste ano, e manter toda a segurança da operação. A Anglo American descarta demissões neste período.

A suspensão das operações se deu em função dos dois derramamentos da polpa de minério de ferro com o rompimento do mineroduto. De acordo com a Anglo American, as operações do sistema Minas-Rio serão retomadas após o término desses reparos e da execução dos devidos testes.

“Também será necessário a obtenção da aprovação das autoridades competentes para a volta das operações do mineroduto. Sendo assim, a expectativa atual é de que as operações sejam gradativamente retomadas no último trimestre de 2018.  A paralisação acarretará um impacto no EBITDA da Anglo American em um valor entre US$ 300 milhões e US$ 400 milhões para o ano de 2018”.

Fonte: Ururau/ Anglo American

Print Friendly, PDF & Email

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.