Baleia jubarte encalha em praia de Arraial do Cabo


     Cerca de 50 pessoas, entre bombeiros e biólogos, tentam levar o animal, que tem cerca de 7 metros, de volta ao mar.

   Uma baleia jubarte, jovem, de aproximadamente nove toneladas, encalhou no canto da Praia Grande, em Arraial do Cabo, por volta das 19h desde sábado. Cerca de 50 pessoas, entre bombeiros e biólogos, tentam levar o animal, que tem cerca de 7 metros, de volta ao mar. A área foi isolada para não atrapalhar o trabalho das equipes, que estão ininterruptamente tentando desencalhar a baleia desde a noite de sábado. Bombeiros cavaram um buraco na areia com a ajuda de duas retroescavadeiras, onde a água do mar entra. 
   Eles tentam empurrar o animal para dentro desse canal improvisado. – As baleias estão mais presentes no literal do Rio porque essa é a rota migratória delas nesta época do ano, quando saem do Sul para a Bahia, onde se reproduzem. Em novembro elas voltam. Pelo empenho da equipe ela pode se recuperar, mas está muito cansada pelo tempo que está encalhada. Seu próprio peso na areia comprime os órgãos, porque é um animal de flutuação – disse uma bióloga que ajuda nos trabalhos. As equipes também jogam baldes de água para manter o animal vivo. Dezenas de pessoas acompanham o trabalho das equipes. Em agosto, pelo menos três jubartes encalharam na costa do Rio de Janeiro em apenas uma semana. 

   Os animais apareceram em pontos diferentes do litoral: Búzios, Restinga de Marambaia e Ilha Grande. Nesses episódios, duas foram resgatadas e voltaram para alto mar, e uma morreu. Uma quarta baleia apareceu morta próxima à restinga de Marambaia. Segundo pesquisadores, ela morreu em alto mar e foi trazida pela maré. Na ocasião, o Instituto Estadual do Ambiente (Inea) resolveu criar um protocolo de ação para resgate. Representantes do quadro técnico do órgão se reuniram com representantes do laboratório Maqua da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj), do Aquário Marinho do Rio de Janeiro (AquaRio), e de empresas que atuam nas Baías de Sepetiba e de Ilha Grande para discutir e definir as ações. Fonte: O Globo
Print Friendly, PDF & Email

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.