Após 8h, Bombeiros convencem homem a desistir de se suicidar


     Bombeiros de Campos levaram oito horas para dissuadir um homem de pular de uma torre da Vivo, no Centro de Campos. Desde às 9h30 desta quinta-feira(28), Bombeiros tentavam tirar o mecânico Luiz Antônio, conhecido como ‘Pê’, de aproximadamente de 35 anos, do alto da torre de 50 metros de altura. Segundo o coordenador da operação, o Tenente-Bombeiro Gomes, que chegou perto do homem através de uma escada Magirus para tentar convencê-lo de não pular, ele repetia a todo momento que não adiantaria desistir do suicídio, pois estava sendo perseguido por uma pessoa que iria matá-lo. 

   Nos vídeos abaixo, os leitores do Campos 24 Horas poderão acompanhar uma boa parte das negociações. Por volta das 17h30, o mecânico disse que havia desistido de se jogar e resolveu descer. A equipe do Campos 24 Horas acompanhou ao vivo a negociação de agentes do Corpo de Bombeiros com Luiz Antônio. Até um irmão do mecânico foi ao local e tentou convencê-lo a não pular da torre, mas não teve sucesso no período da manhã. O caso ocorreu na Rua Tenente Coronel Cardoso(Formosa), perto do 8º BPM, no Centro de Campos. A área foi isolada e causou complicações no trânsito na área central durante todo o dia. “Ele está desempregado e parecia meio triste, mas nunca demonstrou que pudesse chegar a esse ponto”, disse o irmão. 

   O Tenente Gomes, oficial do Corpo de Bombeiros que comandou a operação, disse que, em 25 anos de vida militar, numa levou tanto tempo para convencer alguém para não cometer suicídio. Colocamos na torre dois bombeiros especialistas em salvamento em altura, mas sempre que chegávamos perto através da escada Magirus, ele ameaçava se jogar. Graças a Deus obtivemos êxito e ele saiu ileso.Negociamos e fizemos de tudo, conseguimos localizar um irmão e um sobrinho para conversar com ele. Em todo momento ele disse que queria se matar por circunstâncias da vida”, contou o militar José Luis Gomes Moura. 
  Após quase oito horas de negociação foi solicitado apoio do Grupamento de Busca e Salvamento – GBS, do Rio de Janeiro, que se deslocou imediatamente em uma aeronave do Corpo de Bombeiros, até a cidade de Campos. No entanto, assim que a guarnição chegou a cidade e se deslocava para o local, o homem foi convencido pelos dois Bombeiros Militares que estavam durante as 8h30 em negociação direta com ele, a descer em segurança pelo mesmo local por onde subiu.Fonte: Campos24h
Print Friendly, PDF & Email

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.