Advogado e Rosinha falam sobre prisão de Garotinho


    Após a prisão de Garotinho , o advogado de defesa Carlos Azeredo, comentou a sentença da Justiça, que condenou o ex-Governador, em primeira instância, por compra de votos e determinou que ele cumpra prisão domiciliar. “Garotinho não comprou voto algum.
     As pessoas que receberam o Cheque Cidadão na sua maioria são pessoas necessitadas e que hoje o governo de Campos não dá cheque para ninguém. Está sendo descumprida uma decisão do TSE no sentido de poder utilizar o veículo de comunicação dele. Hoje, uma pessoa que está presa tinha programa que alimentava pessoas anos através da prefeitura. Garotinho não tem casa em Mangaratiba, não tem joias, não tem conta no exterior. Então, hoje está presa uma pessoa que a única coisa que fez foi dar comida ao pobre”, disse o advogado.
  ” Estranha-me muito. Da primeira vez, ele mesmo chegou à Superintendência da Polícia Federal e falou: se estão fazendo isso comigo hoje é porque vão vender o Cabral amanhã. Isso foi dito e feito, só para poder dividira mídia. E hoje, quando o Lula está dando o depoimento, estão dando mais espaço para o Garotinho do que para quem recebe propina, dando espaço contra ele. Me estranha que, três semanas atrás, mais uma vez nós fomos ao Ministério Público para denunciar os atos ilícitos de um promotor”, afirmou a ex-prefeita Rosinha.
Fonte:Campos24horas
Print Friendly, PDF & Email

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.