Fraudes em Campos:PF deflagra Operação Nômades; desvio de R$ 13 milhões no INSS


 Ação desarticulou uma quadrilha que fraudava benefícios do INSS.

  A Polícia Federal (PF) deflagrou a Operação Nômades na manhã desta segunda-feira (28) para o cumprimento de 10 mandados de busca e apreensão e nove mandados de condução coercitiva no distrito de Santa Maria, em Campos.   A ação desarticulou uma associação criminosa especializada em fraudes a benefícios assistenciais ao idoso (LOAS). Segundo informações da PF, durante as investigações, restou apurado que a associação criminosa, formada por três irmãos de origem cigana, fraudou centenas de benefícios de prestação continuada, utilizando documentos fraudulentos em nome de pessoas fictícias, causando prejuízo de cerca de 13 milhões à Previdência Social. 
  Parte do dinheiro obtido com as fraudes foi localizado em contas de “laranjas”, resultando no bloqueio judicial de cerca de R$6.600.000,00 (seis milhões e seiscentos mil reais) pertencentes à quadrilha. Tal ação ocorreu em desdobramento da Operação Registru, deflagrada no ano de 2016, que apurou a venda de centenas de certidões fraudulentas, pelos antigos responsáveis pelos cartórios de Travessão e Vila Nova, a grupos de ciganos, bem como a utilização de tais documentos junto ao INSS para obtenção de benefícios assistenciais ao idoso fraudulentos. Fonte: Ascom
Print Friendly, PDF & Email

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.