Presidente do IMTT diz que foi ameaçado de morte durante fiscalização


    Renato Siqueira foi ameaçado por cobrador de van que tinha motor roubado. Caso foi parar na DP. Nesta quarta-feira (16), ao ser abordado numa operação de rotina feita pelo Instituto Municipal de Trânsito e Transporte (IMTT), um cobrador de van se sentindo insatisfeito, teria ameaçado de morto o presidente do órgão, Renato Siqueira.     Após a abordagem e constatação de que o motor da van é roubado, o suspeito teria dito que o presidente teria pouco tempo de vida. O homem foi conduzido pela Guarda Civil Municipal (GCM) à 134ª Delegacia de Polícia (Centro). A delegada adjunta da 134ª DP/Centro, Nathália Patrão, explicou que o crime é de menor potencial ofensivo. 
   O suspeito assinou um termo de responsabilidade e foi liberado. Já o dono da van, vai responder inquérito por receptação. NOTA DA PREFEITURA Prezando pela segurança da população, o Instituto Municipal de Trânsito e Transporte (IMTT) vem fiscalizando o transporte irregular na cidade. 

   O IMTT entende como prioridade a segurança da população. Na manhã desta quarta-feira (16), o presidente do instituto, Renato Siqueira, sofreu uma ameaça por conta do trabalho de fiscalização.   Após o ocorrido, a superintendência de Paz e Defesa Social foi acionada e através do serviço de inteligência, o suspeito foi identificado e com o auxílio da Guarda Civil Municipal localizado próximo à ponte Leonel Brizola, no Centro.
   Ele e o motorista da van foram encaminhados à delegacia. Durante a perícia foi constatado que o motor do veículo, usado para o transporte de passageiros, é produto de roubo no município de Rio Bonito (RJ). O Boletim de Ocorrência foi registrado na 134ª Delegacia Legal e todos liberados. A Van Peugeot que faz a linha Nova Brasília X Centro ficou apreendida.
Print Friendly, PDF & Email

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.