Secretario Estadual de Saúde assegura para SFI a implantação do polo para tratamento de incidentes com escorpião


     Mais um benefício conquistado para o município de São Francisco de Itabapoana (SFI) graças ao empenho dos representantes do Governo Francimara. O secretário estadual de Saúde, Luiz Antônio de Souza Teixeira Júnior, assegurou a implantação do polo para tratamento de incidentes com escorpião em uma reunião solicitada pelos secretários de Saúde, Sebastião Campista, e de Meio Ambiente e Defesa Civil, Ilzomar Soares.

 

      O encontro aconteceu na tarde desta quinta-feira (10), na cidade do Rio de Janeiro, e contou ainda com a participação do diretor-técnico do Hospital Municipal Manoel Carola, o médico Eber Marins. “A reunião foi bem produtiva e alcançamos o nosso objetivo, pois conseguimos sensibilizar o secretário estadual para implantar o polo avançado no município. 

     Ele se mostrou totalmente sensível e já agendou uma visita ao hospital municipal, para verificar a necessidade de algum tipo de adaptação no ambiente”, confirmou Campista, que ainda falou da conversa que teve com Luiz Antônio. “Revelamos a incidência de casos em SFI, pois só esse ano já temos registrado 29 casos. Também pontuamos outra preocupação que é a distância que nosso município tem para chegar a Campos, que gira acima de 50 quilômetros. Essa demora prejudica o início do tratamento, pois uma vez diagnosticado, deve ser feito o quanto antes”, ratificou. 

     Ao ser informada sobre o sucesso da reunião no Rio, a prefeita Francimara Azeredo da Silva Barbosa Lemos mostrou seu reconhecimento. “Agradeço ao apoio do nosso secretário Estadual de Saúde e da nossa equipe técnica governamental, já que unindo esforços viabilizaram o polo supracitado em nosso município. Sem dúvida alguma, será um ganho considerável para a população são franciscana”, disse a prefeita. Vital Brazil – Na oportunidade, os secretários também visitaram o Instituto Vital Brazil, um laboratório onde se estuda e produz o soro. 
   A ida ao local objetivou firmar uma parceria com o laboratório e dessa forma trazer os técnicos a São Francisco para que os profissionais tratem da questão referente à prevenção dos incidentes com escorpiões não só com os profissionais de saúde, mas também com as crianças nas escolas. “Fizemos essa visita ao laboratório porque surgiu um entendimento sobre a necessidade de realizar alguma forma de orientação para as pessoas durante uma conversa que tive com o pesquisador da Fiocruz Cláudio Maurício Vieira quando ele veio em nosso município no mês passado. E eles se mostraram totalmente abertos. Em breve teremos boas notícias”, adiantou Campista. Ilzomar Soares detalhou outras ações realizadas no instituto. 
  “No Vital Brazil visitamos os serpentários e outros como aracnídeos para conhecer a tecnologia deles, pois o veneno é extraído desses animais para fabricar o soro. Também conversamos com o diretor do serpentário, Cláudio Machado, e o pesquisador da área de aracnídeos Claudio Maurício para futuras inserções científicas e acadêmicas dentro do município são franciscano. Eu já tenho contato com os pesquisadores do Vital Brazil de muitos anos e que bom que agora tivemos a oportunidade”, completou. Ao final, os secretários municipais receberam um livro autografado pelo professor Aníbal Melgarejo, pesquisador do Instituto Vital Brazil, intitulado “Criando serpentes, salvando vidas”.
Print Friendly, PDF & Email

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.